quarta-feira, 29 de outubro de 2008

O Preço do Amor Platônico

Um artigo muitíssimo interessante recebido da minha migucha Shoka!!! Tenham um excelente dia!

O preço do amor platônico
Saber definir sentimentos e enfrentá-los é uma dádiva

O que torna os amores impossíveis mais atraentes é justamente a impossibilidade. Esta atrai. A dificuldade de não ter a pessoa que desejamos nos impulsiona, nos motiva. Funciona exatamente como o perigo. Muitos fazem isso para provar sua força, sua capacidade de conquista. Quanto mais difícil e distante, mais o amor parece ser grande, excepcional e único. E quem não quer viver algo grande, excepcional e único? Em um amor impossível cabem todos os sonhos, todas as perfeições e personagens, o mínimo detalhe é idealizado. Construímos uma imagem em nossa cabeça, que aquela pessoa é única, e é exatamente o que passamos a vida inteira procurando, mesmo que tudo pareça contra. Um amor impossível marca para sempre, mesmo se outros amores vêm e vão depois. Ele sempre deixa aquela sensação de vazio, de inacabado, mal resolvido. E tudo que é mal resolvido, preocupa, incomoda e atormenta. Pois, junto dele, vem a dúvida do e se (e se eu tivesse tentado, tivesse feito diferente etc). É difícil conviver com uma ilusão. Pois a ilusão não tem resposta, ela não é sim nem não. Ela é meio termo e o meio termo atormenta as pessoas. Acontece de um amor aparentemente "impossível" se tornar possível e isso quase sempre rouba a magia do sentimento. Inconscientemente muitos sabem disso, o que leva as pessoas a preferirem viver um impossível que dá a satisfação que um possível só poderá abrir os olhos para a realidade. Porque uma vez que o amor torna-se possível, acaba a expectativa, acaba o sonho. E o homem foi feito para sonhar. Um amor impossível é forte, resiste ao tempo, ele pode marcar uma pessoa mais que toda uma vida vivida ao lado de outra. Portanto. liberte-se desta ilusão.

Fernando Carrara é publicitário, admirador da vida e de todos seus encantos e mistérios. Para saber mais, acesse: www.fernandocarrara.blogspot.com

****************
Minha opinião sobre o assunto: Todos os Amores são possíveis! Esperar não é um castigo se você o faz com determinação, com vontade própria, e principalmente, se você não se anular, ou anular sua vida por isso... Viver sempre, ainda que esperando sempre pelo melhor... Carpe Diem!!! Além do que, amores platônicos são a premissa de uma história linda de amor, tal qual o amor a primeira vista, o amor fulgaz... quem determina o TIPO que o amor vai ser é o destino de cada um!!! se vai durar ou não, se vai acontecer ou não, se vai acabar ou não, só saberemos se vivermos!!! Então vivamos todos os amores que aparecerem, os platônicos, os possíveis, os impossíveis, os reais, os de sonhos, os de momento... é aí que mora a oportunidade de encontrarmos O Amor Verdadeiro, aquele para a vida toda...

Beijos a todos, com Amor,

Ci

Um comentário:

  1. Alessandra Monteiro30 de outubro de 2008 14:13

    O amor platônico traz à tona alguns dos maiores desafios do ser humano: paciência, prudência, determinação... virtudes fáceis de falar.. mas difíceis de serem praticadas, principalmente quando falamos de amor... entretanto esse mesmo amor platônico nos coloca diante de impasses... até q ponto devemos esperar e qto vale viver de ilusão??? Portanto "Corra Riscos"... sim.. afinal pior do que receber um "não"... é passar uma vida inteira na indiferença... Corra atrás dos seus sonhos... e se por acaso tiver decepções.. lembre-se que elas fazem parte da vida para nos ensinar a sermos mais fortes para as nossas próximas atitudes.. amores... enfim.. para sermos pessoas melhores...

    Bjos miguda...
    Alê Monteiro

    ResponderExcluir