quinta-feira, 26 de março de 2009

Dos meus Pecados


Veja a flor que nasce linda lá no coração da várzea
Que ainda guarda um cheiro teu
Há fantasmas há molduras habitadas de silêncio
Presságios que ainda são só meus
Que vez por outra, se ausentam das paredes deste rancho envelhecido
E só Deus, poderá me dar, toda paz que necessito, pois na estrada dos aflitos
São meus, os pecados, cometidos, em nome do amor

Entrego a ti vida cigana
Num fim de semana vou partir
Fecho o rancho ato a cancela
Vou buscar por ela onde tiver que ir [... Minha Felicidade ...]
E se acaso o meu corpo envelhecido
Ainda andar nos corredores
Eu vou seguir buscando em ti
O amor que necessito
O sorriso mais bonito que eu já vi…

(Jairo Lambari Fernandes)


********************************

Ci>> Se as coisas são inatingíveis… ora! Não é motivo para não querê-las… Que tristes os caminhos se não fora a mágica presença das estrelas! (Mario Quintana) - Não há absolutamente nada impossível, nada que não possamos atingir, que não possamos conseguir (embora eu ainda não tenha conseguido encontrar o Jon, mas ainda tenho tempo...rs). Mas sem vontade de fazer difícilmente chegaremos próximos das "estrelas"... o primeiro passo, a primeira intenção quem dá somos nós... a dama (vida) só marcará o passo se o cavalheiro (nós) a conduzirmos satisfatóriamente... e nesta pista louca (nossa experiência aqui nesta Terra) quem manda é o cavalheiro...rs! tem que partir da vontade própria, e não só do pensamento... como diz o ditado, não confunda ação com movimento... se neste momento você ainda não pode dar o primeiro passo, ainda não pode agir, não deixe de vigiar seus pensamentos para que este momento não caia no esquecimento... lembre dele a todo instante... e a oportunidade vai surgir! pode esperar... bjuxxx!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário