quarta-feira, 29 de abril de 2009

Eu te amo......em todas as línguas!



Africano - Ek is lief vir Ek het jou lief
Akan (Ghana) - Me dor wo
Albanês - Te dua Te dashuroj Ti je zemra ime
Alentejano(Port.) - Gosto de ti
Alsaciano (Alsácia) - Ich hoan dich gear
Amharico (Etiópia) - Afekrishalehou Ewedishalehu (dito para mulheres) / Ewedihalehu (dito para homens)
Apache - Sheth she~n zho~n
Arábico(formal) - Ohiboke (dito para mulheres)
Ohiboki (dito para mulheres)
Nohiboka (dito para homens)
Arábico (próprio) - Ooheboki (dito para mulheres) Ooheboka (dito para homens)
Arábico - Ana behibak (dito para homens) Ana behibek (dito para mulheres)
Arábico (Umggs) - Ana hebbek Armeniano - Yes kez si'rumem Assamês - Moi tomak bhal pau
Basco - Maite zaitut
Bassa - Mengweswe
Batak (Sumatra do Norte) - Holong rohangku di ho
Bavário - I mog di narrisch gern
Bemba - Ndikufuna
Bengali - Aami tomaake bhaalo baashi
Berber - Lakh tirikh
Bicol (Filipinas) - Namumutan ta ka Quechua
Boliviano - Qanta munani
Bosniano - Volim te
Braile - :..: ..: ..-.. .::":.., :.:;
Português - Eu te amo
Búlgaro - Obicham te As te obicham
Burmês - Chit pa de
Cambojano - Kh_nhaum soro_lahn nhee_ah Bon sro lanh oon
Francês (Canadá) - Je t'adore
Catalão - T'estimo (Catalonian)
T'estim (Mallorcan)
T'estime (Valencian)
Cebuano (Filipinas) - Ghigugma ko ikaw
Chamoru - Hu guaiya hao
Cheyenne - Nemehotatse
Chichewa - Ndimakukonda
Chickasaw (USA) - Chiholloli
Chinês Goa - ai li (dialeto Amoy)
Ngo oi ney (dialeto Cantonês)
Wo oi ni (dialeto Cantonês)
Ngai oi gnee (dialeto Hakka)
Ngai on ni (dialeto Hakka)
Wa ai lu (dialeto Hokkien)
Wo ai ni (dialeto Mandarin)
Wo ie ni (dialeto Mandarin)
Wuo ai nee (dialeto Mandarin)
Wo ay ni (dialeto Mandarin)
Wo ai ni (dialeto Putunghua)
Ngo ai nong (dialeto Wu)
Comorianon - Ni sou hou vendza.
Córsega (dialeto) - Ti tengu cara (ditopara mulheres)
Ti tengu caru (dito para homens)
Creole - Mi aime jou
Croata (familiar) - Ja te volim (formal)
Volim te Croata (formal) - Ja vas volim Volim vas
Checo - Miluji te
Dinamarquês - Jeg elsker dig
Davvi Samegiella - Mun rahkistin dú
Dusun - Siuhang oku dia
Holandês - Ik hou van je
Gronings (dialeto holandês) - Ik hol van die
Quechua Equatoriano - Canda munani
Inglês - I love you
Esperanto - Mi amas vin
Estonian - Mina armastan sind
Etíope - Afgreki
Farsi (antigo) - Tora dust mi daram
Farsi - Tora dost daram
Filipino - Mahal ka ta
Finlandês - Minä rakastan sinua
Escocês - (Mä) rakastan sua
Francês (formal) - Je vous aime
Francês - Je t'adore (mais forte do que "je t'aime")
Friesiano - Ik hou fan dei
Galês - Ta gra agam ort
Galícia (língua local) - Querote
Ghanaian - Me dor wo
AleMão (formal) - Ich liebe Sie
Alemão - Ich liebe dich
Grego - S'ayapo
Grego (antigo) - Philo su
Grego (antigüidade clássica) - Philo se
Greenlandic - Asavakit
Guarani - Rohiyu
Gujrati (Índia) - Hoon tane pyar karoochhoon. i
Hausa (Nigéria) - Ina sonki
Havaiano - Aloha wau ia 'oe
Hebreu - Anee ohev otakh (dito para mulheres)
Anee ohevet otkha (dito para homens)
Anee ohev otkha (dito de homem para homem)
Anee ohevet otakh (dito de mulher para mulher)
Hindi Mai tumase pyar karata hun (dito para mulheres)
Mai tumase pyar karati hun (dito para homens)
Hokkien - Wa ai lu Hopi - Nu'umi unangwáta
Húngaro - Szeretlek
Ibaloi (Fil.) - Pip-piyan taha
Imazighano - Hamlagh kem
Interglossa - Mi esthe philo tu
Islandês - Eg elska thig
Ilocano - Ay-ayaten ka
Indonésio - Saya cinta padamu
Italiano - Ti amo (para relacionamentos)
Ti voglio bene (entre amigos)
Irlandês - Taim i' ngra leat
Irlandês Galês - t'a gr'a agam dhuit
Japonês - Kimi o ai shiteru
Javanês - Kulo tresno
Kankana-ey (Fil.) - Laylaydek sik-a
Kannada - Naanu Ninnanu Preethisuthene
Kikongo - Mono ke zola nge
Kiswahili - Nakupenda
Klingon - qamuSHá
Korean - Dangsinul saranghee yo
Kpele - I walikana Kurdo - Ez te hezdikhem Lao - Khoi hak jao Lappish - Mun rahkistin dú
Latim (Ego) - Amo te (use 'Ego', para mais ênfase)
Lativiano - Es tevi milu
Libanês - Bahibak
Lingala - Nalingi yo
Dialeto Lisboneta - Gramo-te bue
Lithuânio - As tave myliu
Lojban - Mi do prami
Luo (Quênia) - Aheri
Luxemburguês - Ech hun dech gär
Maa - Ilolenge
Macedônio - Te ljubam
Dialeto Madrilenho - Me molas, tronca!
Maiês - Wa wa Malaio - Saya cintamu
Malaio/Bahasa - Saya cinta mu
Malaio/Indonésio - Aku sayang kau
Malayalam - Ngan ninne snaehikkunnu
Malásio - Saya cintamu
Marathi - Mi tuzya var prem karato
Marshalês - Yokwe Mohawk - Konoronhkwa
Mokilês - Ngoah mweoku kaua
Mongol - Be Chamad Hairtai
Marroquino - Kanbhik Navajo - Ayor anosh'ni
Ndebele(Zimbábue) - Niyakutanda
Nepalês - Ma timi sita prem garchhu
Norueguês - Jeg elsker deg (Bokmaal)
Eg elskar deg (Nynorsk) Jeg elsker deg (Riksmaal: antigo)
Nyanja - Ninatemba Op Op - lopveop yopuop
Oriya Moon - Tumakoo Bhala
Paye Oromoo - Sinjaladha
Ossetiano - Aez dae warzyn
Pakistanês - Mujhe tumse muhabbat hai
Papiamento - Mi ta stimábo
Pedi - Kiyahurata
"Pig Latin" (mistura fonética de inglês e latim) - Ie ovele ouye
Pilipino - Mahal kita
Polonês - Kocham ciebie
PORTUGUÊS - EU TE AMO
Punjabi - Main tainu pyar karna
Quênia (Tolkien) - Tye-meláne
Retoromanesco - te amo
Rumeno - Te iubesc
Russo -Ya tyebya lyublyu
Samoano - Ou te alofa outou
Sânscrito - Anurag
Escocês-Galês - Tha gr`adh agam ort
Sérvio (formal) - Ja vas volim
Sérvio (familiar) - Volim te
Sérvio (antigo) - Ljubim te
Servocroata - Volim te
SeSotho - Kiyahurata
Shona - Ndinokuda
Singalês (Ceilão) - Mama oyata adarei
Sioux - Techihhila
Eslovaco - Lubim ta
Esloveno - Ljubim te
Somaliano - Waan ku jeclahay
Espanhol - Te amo
SriLanka (dialeto) - Mama oyata arderyi
Suaheli (Ostafrika) - Ninikupenda
Swahili - Nakupenda
Sueco - Jag älskar dig
Sírio/Libanês - Bhebbek (dito para mulheres) Bhebbak (dito para homens)
Tagalog - Mahal kita
Taitiano - Ua Here Vau Ia Oe Ua here vau ia oe
Tamil - Naan unnai kadalikiren
Telugu Neenu - ninnu prámistu'nnanu
Thai (formal) - Phom rak khun (dito para mulheres)
Ch'an rak khun (dito para homens)
Thai - Khao raak thoe
Tswana - Ke a go rata
Tshiluba - Ndi mukusua
Tunisiano - Ha eh bak
Tumbuka - Nkhukutemwa
Turco (formal) - Sizi seviyorum
Turco Seni - seviyorum
Twi (Ghana) - Me dowapaa
Ucraniano - Ya tebe kokhayu
Urdu Main - tumse muhabbat karta hoon
Vai Na lia Värmländska - Du är görgo te mäg
Vietnamita - Anh yeu em (dito para mulheres)
Em yeu anh (dito para homens)
Volapük - Löfob oli.
Votic Miä - suvatan sinua
Vulcan (Sr.Spock) - Wani ra yana ro aisha
Walloon - Dji vos inme
Galês - Rwy'n dy garu di
Wolof - Da ma la nope
Iídiche - Kh'hob dikh lib
Maia Yucatec - 'in k'aatech
Yugoslavo - Ja te volim
Zazi (kurdo) - Ezhele hezdege
Zulu - Ngiyakuthanda
Zuni - Tom ho'ichema
Será que fui clara???
(autor desconhecido)
************************************
Ci>> 'Eu te amo' em qquer lingua é lindo!... é bom de falar, e ouvir é maravilhoso!!! em outra língua então, afe!


Ele! a música...

Amo o som da voz dele...
... e o sussurrar de interesse pelas coisas que lhe despertam a vida, moço de olhos vastos onde a abstinência passa em brumas pelo contorno da sua boca, lagoa excitante de “quero” em remanso sorriso de ondas... Tenho ímpetos de beija-la, até mesmo em silêncio...
Sei, não é uma frase completa, apenas rabiscada, que marca em mim como fio de cerzido e furos de acertos, expondo corpo a dentro a sofreguidão dos desejos...
Cavaleiro com espada de livro e cabelo de príncipe extraviado me exibe sua nudez maior só de cartola... Fala no meu mundo, e certa de que ele sabe mais, diria tudo... Me repete!!
Guarde o domingo também pra mim... Deixe descansar as pombas e as lebres, pois não há truques, nem requer práticas, nem fitas, apenas teu detalhe...
Habilidade... O tudo igual vira diverso... Por um momento, é ele quem salta da cartola, cai de pé, suavemente vem, lentamente me toca, me toma e me leva promovido ao primeiro sim, faz um afago em meus cabelos, rosto, beija meus seios e minha boca, numa forma de guardar instantes, como as coisas que troca da frente dos meus olhos fazendo tantas e mais bonitas que nunca...
Além... daquela foto sem você ao meu lado, além daquele dia que acordei sem desejar ter acordado e do outro que dormi sem querer ter dormido... Além da saudade qdo me deixo envolver no mais rarefeito ar de nicotina pra lembrar dos teus lábios dormentes... E pelo teu desejo de “querer mais da vida” e meu saber que um “querer mais” tb é pra mim tua própria vida...
Te querer bem demais faz meu coração perambular pelas coisas todas “que é” sem eu compreender e pelas coisas “que são” qdo as aceito, pelas coisas que Vivo como poesia: tua?Minha? Sem projeção á traição, perante Deus, existe pra mim só tua poesia, que faz amor com você, só tuas rimas, versos e estrofes, épocas , nomes, qualidades e coisas que eu nem sei ainda...
Quero só te falar... Sem cortes de palavras...Eu escolhi Você, para inauguração da minha mais íntima poesia de “três Letras”, desvirginada pela tua boca e brindada com sua saliva pelo soletrar de cada uma... Poesia que minhas mãos desfazem “Títulos” e que meu corpo só sabe de você, fazendo poesia pra você, que sente falta de você, que troca você e sobra você, sem você meu poema é Ainda...
“EU TE AMO”...
(K** do blog "cante de lá que eu canto de cá)
*****************************************
Ci>> Amor meu, .... ouço tuas notas, desencontradas, procurando uma corrente que te tragam a canção por inteiro, o rítmo perfeito que te vai completar. Seu desespero em encontrá-lo é sentido por mim como uma dor doce e incontida, que grita... Eu as ouço e reconheço que partem de você, e quer saber? eu as domino, as coloco em ordem, e construo tua música, que paira sobre mim, me faz flutuar! mas você... ah, você, preocupado com a perfeição das notas, esquece que o sublime da música é quem a escuta, quem a percebe, e não sente que danço a tua volta enquanto se faz louco em tocar, tocar, tocar! Como um canto de sereia, tua música me submete aos teus mandos... aquí estoy! me manda que eu vou, eu sou! tuya por siempre... toca-me... você toca prá mim, e prá você, por você, eu danço...
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
"Uma dança alucinante anuncia essa loucura
e desenrola noite adentro, um ato de dois perdidos corações...
Matéria-prima que combina com um toque sutil
um calor de dezembro num corpo febril!"
(Paulo Alvarenga )
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

DECLARO-ME VIVO!


Saboreio cada momento...

Antigamente me preocupava quando os outros falavam mal de mim. Então fazia o que os outros queriam, e a minha consciência me censurava. Entretanto, apesar do meu esforço para ser bem educado, alguém sempre me difamava. Como agradeço a essas pessoas, que me ensinaram que a vida é apenas um cenário! Desse momento em diante, atrevo-me a ser como sou.

A árvore anciã me ensinou que somos todos iguais. Sou guerreiro: a minha espada é o amor, o meu escudo é o humor, o meu espaço é a coerência, o meu texto é a liberdade.

Perdoem-me, se a minha felicidade é insuportável, mas não escolhi o bom senso comum. Prefiro a imaginação dos indios, que tem embutida a inocência. É possível que tenhamos que ser apenas humanos. Sem Amor nada tem sentido, sem Amor estamos perdidos, sem Amor corremos de novo o risco de estarmos caminhando de costas para a luz. Por esta razão é muito importante que apenas o Amor inspire as nossas ações.

Anseio que descubras a mensagem por detrás das palavras; não sou um sábio, sou apenas um ser apaixonado pela vida.

A melhor forma de despertar é deixando de questionar se nossas ações incomodam aqueles que dormem ao nosso lado. Quando somos maiores que aquilo que fazemos, nada pode nos desequilibrar. Porém, quando permitimos que as coisas sejam maiores do que nós, o nosso desequilíbrio está garantido.

É possível que sejamos apenas água fluindo; o caminho terá que ser feito por nós. Porém, não permitas que o leito escravize o rio, ou então, em vez de um caminho, terás um cárcere.

Amo a minha loucura que me vacina contra a estupidez. Amo o amor que me imuniza contra a infelicidade que prolifera, infectando almas e atrofiando corações. As pessoas estão tão acostumadas com a infelicidade, que a sensação de felicidade lhes parece estranha. As pessoas estão tão reprimidas, que a ternura espontânea as incomoda, e o amor lhes inspira desconfiança. A vida é um cântico à beleza, uma chamada à transparência.

Peço-lhes perdão, mas…. DECLARO-ME VIVO!

(Chamalú, Indio Quechua - do blog Metamorfose Ambulante)

***************************************

Ci>> Ofereço como meu maior presente aos que amo, a minha FIDELIDADE. A minha Fidelidade a mim mesma e aos que me rodeiam. Não tenho vergonha em dizer que amo, que sinto, que me desespero, que choro, que río, que canto e danço, e que danço muito mais do que choro. Mas não tenho dúvida que a fidelidade a quem sou de verdade é o maior motivo pelo qual tenho pessoas tão maravilhosas próximas a mim... por que elas me amam exatamente assim, louca e equilibrada, feliz e dramática, drástica e compreensiva, pura e maliciosa, Apaixonada pela vida.... dois peixes que nadam em direções contrárias sim... mas sempre APAIXONADA pela vida, incondicionalmente. Estou viva!

Ser feliz...

Ser feliz...
... não é ter uma vida perfeita, sem dor e sem lágrimas, mas saber usar as lágrimas para regar a esperança e a alegria de viver. Ser feliz é saber usar as pedras nas quais tropeçamos para reforçar as bases da paciência e da tolerância.Ser feliz não é ter uma vida perfeita, sem dor e sem lágrimas, mas saber usar as lágrimas para regar a esperança e a alegria de viver. Ser feliz é saber usar as pedras nas quais tropeçamos para reforçar as bases da paciência e da tolerância.
Impossível acharmos que a felicidade é não ter faltas, não existe completude, desista, a falta faz parte da vida, a imperfeição é a oportunidade que temos de reparar e construir. Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.
Como aliviar a dor do que não foi vivido? Se iludindo menos e vivendo mais!!! A cada dia que vivo, mais me convenço de que a felicidade está na simplicidade, que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. “A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.” (Carlos Drumond de Andrade).
E, para encerrar, vamos refletir nesta síntese simples, como é a capacidade de ser feliz com versos de Fernando Pessoa:
“Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. Pedras no caminho? Guardo todas um dia vou construir um castelo...”
Antônio Roberto
by Leonardo (do blog "Amigos do Freud")
444444444444444444
Ci>> ser feliz é mais que ser, é estar... estar feliz ainda que tudo pareça impossível... repetitivo, eu sei. Mas como obter prática sem repetição? se eu não me repetir todos os dias, como vou chegar a ser o que quero ser, estar como quero estar? Ser e, principalmente estar feliz, é mais que um estado de espírito, é uma prática diária, assim como escovar os dentes (para os limpinhos, claro! rs)... ;P

SER OU NÃO SER DE NINGUÉM?

Na hora de cantar todo mundo enche o peito nas boates, nos bares, levanta os braços, sorri e dispara: "eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também".
No entanto, passado o efeito do uísque com energético e dos beijos descompromissados, os adeptos da geração "tribalista" se dirigem aos consultórios terapêuticos, ou alugam os ouvidos do amigo mais próximo e reclamam de solidão, ausência de interesse das pessoas, descaso e rejeição.
A maioria não quer ser de ninguém, mas quer que alguém seja seu.
Beijar na boca é bom? Claro que é! Manter-se sem compromisso, viver rodeado de amigos em baladas animadíssimas é legal? Evidente que sim. Mas por que reclamam depois?
Será que os grupos tribalistas se esqueceram da velha lição ensinada no colégio, onde "toda ação tem uma reação".
Agir como tribalista tem conseqüências, boas e ruins, como tudo na vida....
Não dá, infelizmente, para ficar somente com a cereja do bolo – beijar de língua, namorar e não ser de ninguém. Para comer a cereja é preciso comer o bolo todo e nele, os ingredientes vão além do descompromisso, como: não receber o famoso telefonema no dia seguinte, não saber se está namorando mesmo depois de sair um mês com a mesma pessoa, não se importar se o outro estiver beijando outra etc., etc., etc. Embora já saibam namorar, "os tribalistas" não namoram. Ficar, também é coisa do passado. A palavra de ordem hoje é "namorix". A pessoa pode ter um, dois e até três namorix ao mesmo tempo.
Dificilmente está apaixonada por seus namorix, mas gosta da companhia do outro e de manter a ilusão de que não está sozinho.
Nessa nova modalidade de relacionamento, ninguém pode se queixar de nada.
Caso uma das partes se ausente durante uma semana, a outra deve fingir que nada aconteceu, afinal, não estão namorando. Aliás, quando foi que se estabeleceu que namoro é sinônimo de cobrança? A nova geração prega liberdade, mas acaba tendo visões unilaterais. Assim como só deseja "a cereja do bolo tribal", enxerga somente o lado negativo das relações mais sólidas.
Desconhece a delícia de assistir a um filme debaixo das cobertas num dia chuvoso comendo pipoca com chocolate quente, o prazer de dormir junto abraçado, roçando os pés sob as cobertas e a troca de cumplicidade, carinho e amor.
Namorar é algo que vai muito além das cobranças. É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer bom dia, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, transar por amor, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter "alguém para amar".
Já dizia o poeta que "amar se aprende amando" e se seguirmos seu raciocínio, esbarraremos na lição que nos foi passada nas décadas, também, passadas: relação é sinônimo de desilusão. O número avassalador de divórcios nos últimos tempos, só veio a confirmar essa tese e aqueles que se divorciaram (pais e mães dos adeptos do tribalismo), vendem, na maioria das vezes, a idéia de que casar é um péssimo negócio e que uma relação sólida é sinônimo de frustrações futuras.
Talvez seja por isso que pronunciar a palavra "namoro" traga tanto medo e rejeição. No entanto, vivemos em uma época muito diferente daquela em que nossos pais viveram. Hoje, podemos optar com maior liberdade e não somos mais obrigados a "comer sal junto até morrer". Não se trata de responsabilizar pais e mães, ou atribuir um significado latente aos acontecimentos vividos e assimilados na infância, pois somos responsáveis por nossas escolhas, assim como o que fazemos com as lições que nos chegam.
A questão não é causal, mas quem sabe correlacional. Podemos aprender a amar se relacionando, trocando experiências, afetos, conflitos e sensações. Não precisamos amar sob os conceitos que nos foram passados. Somos livres para optarmos! E ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. É ter coragem, ser autêntico e se permitir viver um sentimento... É arriscar, pagar para ver e correr atrás da felicidade. É doar e receber, é estar disponível de alma, para que as surpresas da vida possam aparecer. É compartilhar momentos de alegria e buscar tirar proveito até mesmo das coisas ruins.
Ser de todo mundo e não ser de ninguém é o mesmo que não ter ninguém, também... É não ser livre para trocar e crescer... É estar fadado ao fracasso emocional e à tão temida solidão.
By JABOR - texto recebido do Paulinho
*************************************
Ci>> A Liberdade tem seus encantos, até mesmo para quem está iniciando nessa doce vida do "sou dono da minha vontade"... ela é doce, é complacente, cúmplice, verdadeira, simpática a TODOS os nossos desejos... mas é traiçoeira... por que esconde as maldades que temos no coração, os defeitos que carregamos por sermos simplesmente HUMANOS... Ser Livre tem mais consequências do que se pode imaginar. Tudo nos é lícito, mas nem tudo nos convém... e a semeadura é facultativa, mas a colheita é obrigatória! Estes dois ditados prá mim traduzem exatamente tudo isso que escrevi. Eu, particularmente, Piscianíssima, ascendente em Escorpião, e Macaco do horóscopo chinês, não poderia deixar de dizer que a liberdade me atrai, me seduz, mas não me encanta. Sou mais o filminho embaixo das cobertas a dois, com pipoca e beijo na boca, do que a balada. Não que a balada não encante tbem, mas não é o que me motiva. Sou emoção, sou carinho, e já me defini assim, não quero mudar. Também não acho que não se possa ser livre e ter alguém a seu lado ao mesmo tempo. Desde que isso seja feito sobre a esfera do respeito mútuo e recíproco. Se você não se define, não sabe quem é. E se não sabe quem é, não sabe o que quer, tão pouco o que você Não quer. Prá mim, a receita para ambos em uma relação é: "deixe a porta da gaiola aberta, que eu volto para o meu cantinho. Por que eu amo estar no meu cantinho e ter para onde voltar. E por estar aberta, eu sei que você confia, portanto não vou trair sua confiança. Mas não me prenda, não marque meus passos. E não faça prá mim o que não quer prá vc!". Bjs, bom dia a todos!

terça-feira, 28 de abril de 2009

Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar “superado”. Quem atribue à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la. (Albert Einstein)
********************************
Ci>> Excelente texto para quem acha que crise é sinônimo de perda, hein! Vence a crise quem vê a oportunidade da venda do guarda-chuva quando todo mundo está preocupado com a tempestade! :D

Dança de Lágrimas

Tecem caminhos, descem pela minha face em grupo para me morrerem nos cantos da boca, bailam ao som dos soluços e dos gritos silenciosos da minha alma.
Dançam baixinho para que ninguém ouça os seus movimentos, de vez enquando ainda se deixam pausar nos cantos dos olhos, ficam ali alguns minutos para depois cairem rapidamente rosto abaixo e já nem os soluços lhes servem de ritmo, nessa hora só querem cair com o corpo que fraco se estende neste chão de medos.
Dançam ao bater acelerado do coração, mesmo ao anestesiante bombar do sangue nas veias, são fruto de muitas danças interiores, bailes inteiros de sentimentos que se misturam e co-habitam fraternos.
As vezes a mão não as deixa dançar à vontade e tem necessidade de as limpar antes que cheguem aos cantos da minha boca, faz parte da dor, faz parte do sofrimento ter esta mão no rosto a limpar as lágrimas, um gesto prodigioso.
Ver depois as lágrimas secarem aos poucos na mão que as esmagou, ver depois o sol secar as lágrimas que não acompanharam a dança até ao fim e ainda me ficaram na face.
Dança das lágrimas, pausada, celestial, angelical...
(Autor Desconhecido)
************************************
Ci>> às vezes elas são importantes e devem rolar soltas, para que limpem o que a tristeza e a solidão teimam manter impregnados na pele... Só as lágrimas têm o dom de purificar a dor e limpar os rastros do que ficou prá trás! Da mesma forma, abre os caminhos para o que está para chegar, e também neste momento são importantes para expressar o contentamento em receber o novo!

segunda-feira, 27 de abril de 2009

O tempo passa

Na próxima curva, encontro-me com o sofrimento novamente
Disfarçado, com outra roupagem
Outros motivos, novos personagens
Mas reconheço sua face
Será que me iludi, acreditando que já estava tudo resolvido?
Desespero, angústia, raiva, dúvida, insegurança
A velha culpa, em mim mesma ou procurando alguém a quem culpar...
Como diz uma amiga: “a culpa é minha e dou para quem eu quiser!”.
Você quer a minha culpa? Indica alguém? Tem sempre alguém disposto a assumir a culpa... Aos poucos, percebo o quão é verdadeiro o texto abaixo, desconheço a autoria, mas registro a minha gratidão:
“Andei por uma rua e havia um buraco profundo na calçada. Caí dentro do buraco. Gritei, estou perdido. Não tive nenhuma ajuda. Porém, a culpa não é minha, mas do buraco. Levei tempo para sair dali.
Andei pela mesma rua, havia um buraco profundo na calçada. Fingi que não o vi, e caí novamente. Não posso crer que estou de novo no mesmo lugar, mas a culpa não é minha, mas do buraco. Vou lutar e sair daqui.
Andei pela mesma rua; ainda há um buraco profundo na calçada. Vejo que o buraco ainda está ali. E, por um descuido, caio novamente dentro dele. Isso se torna um hábito. Meus olhos estão abertos, mas não vê. Sei onde estou, a culpa é minha. Vou sair daqui imediatamente.
Andei pela mesma rua; ainda há um buraco profundo na calçada, mas consegui passar ao lado. Sabendo que naquela rua há um buraco, decido ir por outra rua.”
Estou cansada Mas agora reconheço Que todas as formas de fuga me conduzirão ao mesmo lugar: para dentro demim mesma. Está escuro aqui... Não há nenhum “salvador da pátria”!
Todas as palavras que li e ouvi estão soltas. Quantas experiências maravilhosas eu vivi, Quanta beleza e aprendizado há aqui dentro! Muitas lições foram feitas, outras, escondi, adiei! Entulho que precisa de reciclagem. Acontecimentos e sentimentos antigos que quero, simplesmente, arquivar... Aprendizados que foram esquecidos e posso praticá-los novamente. Parece um quebra-cabeça à espera de ordem.
Agora compreendo que saber não é sabedoria. Muito do que aprendi carece de coerência: manter a palavra e a ação na mesma direção.
Será que preciso de decisão firme, corajosa e determinada para ser o "Eu Sou"?
Hei! Tem alguém aí? Espere um pouco... Há um rosto conhecido, uma energia que me atrai, uma luz pequenina e suave... Aos poucos, chego mais perto. Ela abre os braços e com um sorriso acolhedor me convida “Vamos nos conhecer?”
Abraço fraterno,
Ivete Costa (do blog Amigos do Freud)
******************************************
Ci>> é quando pensamos que sabemos todas as respostas, que a vida vem e muda todas as perguntas!!! e pelo visto, é quando achamos que nos conhecemos profundamente que percebemos que somos totalmente estranhos a nós mesmos. E por incrivel que pareça, é esse Antagonismo que nos faz perceber o quão bonito é o ser humano, o quão complexo e interessante de ser descoberto ele é! Não desistir ainda que tudo pareça impossível, ainda que tudo venha contra o que queremos, não deixar de lutar, e se cair, fazer o maior esforço possível para levantar... se cair denovo, buscar o aprendizado para que uma terceira vez não aconteça... e se cair outra vez, que esta terceira vez seja a última, mas que tenha sua quota de aprendizado bem aproveitada também! e ainda assim, não desistir... “Nunca se esqueça que apenas os peixes mortos nadam a favor da corrente.” (Malcolm Muggeridge)

Disciplina no trânsito da vida

(TEXTO DESTA SEMANA NA AGENDA ATITUDE 2009)

Disciplinado não é aquele que conserva sempre o mesmo trajeto, a mesma velocidade, a mesma marcha, mas sim aquele que se adapta ao “terreno da vida”, mudando quando necessário.
Acelere: Há momentos que exigem rapidez e você precisará estar em condições para isso.
Desacelere: saiba o momento de dar um descanso a você mesmo e ao seu veículo.
Troque de marcha: existem várias opções; saiba escolher a velocidade mais propícia para o momento.
Dê marcha à ré: voltar atrás pode ser, às vezes, a melhor opção.
Pare: relaxar de vez em quando é necessário, gratificante e restaurador.
Use a “banguela”: na estrada é perigoso descer em ponto morto; mas em outras situações da vida, às vezes a melhor coisa a fazer é relaxar depois de um esforço bem-sucedido e deixar-se levar um pouco pela correnteza ao invés de viver remando contra a corrente.
Há um samba que diz: ”Deixo a vida me levar”. Isso não pode ser confundido com passividade. No mar, o bom navegante conhece bem o vento e sabe usá-lo a seu favor.
(Prof. Gretz, professor e palestrante; autor de “A Força do Entusiasmo”, dentre inúmeros outros livros - do primeiro programa de 27-4-09)
*******************************************
Ci>> até a Inércia, quando bem utilizada, traz benefícios ao corpo e à alma... "momentos que são só meus, e que eu não abro mão! (Ana Carolina)" ;P

Um Sol Diferente

Neste dia eu lhe desejo um sol diferente.
Que apesar de todas as dificuldades,
apesar de algumas tristezas que insistem,
que mesmo com essa montanha erguida, o sol possa ser seu presente mais doce.
Desejo ao seu coração o querer que ele quer. Que nas palavras que ele sussurra dentro do seu peito, sejam ouvidas aquelas que têm sabor de liberdade.
Que você esteja atendo para o sopro da sua vontade real, e jamais desista dos seus passos em direção à verdade.
Desejo que sua percepção acorde mais plena no calor de um sol novo e renovador. Que ele lhe encoraje às atitudes que estão querendo respirar. Aquelas que sempre são substituídas, Aquelas que não se arrojam por ter os pesos de conceitos por demais antigos.
Desejo que você aceite seu tempo, seja ele qual for. Que sinta serenidade na espera necessária para que a semente plantada brote no tempo certo.
Desejo então que sua flor seja inteira, e mesmo que inicialmente pequena e frágil, ela lhe traga as luzes de uma estrada azul.
Que sua sabedoria esteja desperta aguardando com tranqüilidade o desabrochar da sua flor. Em paz, em cadência ritmada com o aprendizado que vem chegando. Em mais suaves permissões a você. Em muito mais reconhecimento da sua coragem.
Desejo a você um sol diferente.
Espalhando seu sorriso pela densidade das nuvens, simplificando o aspecto complicado de alguns momentos e mostrando-lhe a fonte essencial para sua sede.
Desejo que a cada instante você desnude mais seu coração e deixe que nele vibre em tom maior: O AMOR.
O amor na sua expressão mais simples. Que não mede, não faz contas e que tem o poder de lhe erguer acima de todas as montanhas escuras.
Bom início de semana!!!

Bj
****************************************
Ci>> texto recebido da Alê, prá começar a semana bem! Faço destas minhas palavras a todos que me lêem, que tenhamos todos uma semana ENCANTADA!!! bjuxxx

Meu menino...

"Menininho...
Desejo você pra mim
Como menina deseja o balançar
Trazendo o vento no rosto
Alegrando o brilho no olhar
Como menina sonho com você
Esperando contigo poder brincar
Brincadeira de ciranda
Que rodando, rodando, aumenta o pulsar
As vezes a menininha chora
O coração parece apertar
Sabe que o menino esta longe
E ele não pode abraçar
Então poesias cria a menina
Com a esperança da distância poder matar
Sonhando com o menininho todos os dias
Não vendo a hora de poder lhe amar..."
(do blog "nosso cantinho")
lllllllllllllllllll
Ci>> As historias se repetem, mas nunca são iguais! um poeminha lindo para os meus amigos Roberta e Juan, que a história de vocês seja cheia de boas notícias... eu desejo que tenham um final muy feliz, lleno de buenos sentimientos, esperanza y mucha fé para ganar la resistencia del amor... superar la distancia y manter el amor vivo es como todos los dias renovar el amor muy dentro de tu mismo... muy cerca estaremos todos juntos, rindo de quando pássavamos por tudo isso, e nada parecia possível... un 'corazoncito' y suerte a utds!!!!

domingo, 26 de abril de 2009

Sou fascínio,
Mistério!
Encanto e luz
Menina que encanta
Mulher que seduz
Às vezes, BRISA,
De alma pura
Às vezes, LUA que te encanta
Que te leva à loucura.
Sou como as estações...
Se apaixonada, Sou primavera
E quando desejo, Sou verão.
Menina, Mulher, mas
BRISA que te aquece
E LUA que te enlouquece!!!

(Brisa do blog "nosso cantinho")
************************************
Ci >> não é fácil ser mulher! temos que literalmente "sentar, rebolar e bater um bolo" ao mesmo tempo, sem cair do salto e cantando uma música em outra língua, prá exercitar o cérebro... ser forte e doce, brava e tranquila na mesma medida, 'ter a cabeça e o coração trabalhando na mesma sintonia, fazer do dia noite, da noite dia'! é como ter que se explicar a todo instante para nós mesmas, como se todos os nossos medos, receios, sentimentos, agonias tivessem que ter legenda ao menos para nós... Ser Mulher não é só cuidar da casa, do filho e das contas, das empresas, mas tambem é ter tempo para o amor ao próximo, para sonhar, para fazer as unhas, e para ler um livro, escrever um blog ... é também ter e assumir sua essência pelo menos em uma das fases da lua, saber ser "complicada e perfeitinha" sem assustar, ter um ar de "decifra-me ou devoro-te!!!" vez em quando, e no final ainda ser para Ele "daquelas que tu gosta na primeira, se apaixona na segunda e perde a linha na terceira". Conciliar sentimentos, assim como conciliamos o tempo, ser bonita para Ele, mas ser bonita primeiro para nós mesmas... ser mulher é recomeçar, é saber AMAR...em todos os significados da palavra ! (Lu, texto prá vc, beijoka!) ;P

Sonhos (do blog "nosso cantinho")

"Namorei por toda a vida
Todos os sonhos que sonhei,
Até meus sonhos perdidos
Confesso que namorei!
Namorei sonhos distantes,
Que senti, mas não toquei,
E até meus sonhos errantes,
Confesso: também gostei!
Namorei sonhos do sul,
Do norte e do nordeste,
Sonho rosa, sonho azul,
Sonho do centro e sudeste,
Sonhos que tanto sonhei
Mas que tu nunca me deste!
Namorei sonhos dourados, Pretos, brancos, coloridos,
Sonhos nunca imaginados, Que me tocaram os sentidos.
Namorei sonhos da noite E também da madrugada;
Sonhos doces de criança Com a primeira namorada,
Sonhos que se perderam Na poeira das estradas.
Mas o sonho mais bonito,
Com gostinho de maçã,
Foi aquele que sonhei No despertar da manhã:
Eu te querendo todinha
Você dizendo: hã, hã..."

***********************************************

Ci>> a realidade é sempre bem mais deliciosa que o sonho, quando sabemos fazer dela um canto só nosso! sonhos existem somente para tornar-nos capaz de vermos além do que os olhos podem ver... Mas há momentos em que temos que parar, contar até dez e separar o que é SONHO do que é ILUSÃO...

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Minhas visitas....

Deita aqui, a cabeça no meu colo...
Fecha os olhos...
Descansa... Estou aqui...
Esquece o Mundo à tua volta por uns momentos...
*
Aconchego-te a mim...
Afago os teus cabelos...
Os meus dedos penetram neles lentamente...
Entrelaçam-se neles, enrolam-se neles...
Percorrem madeixa por madeixa delicadamente...
Descrevem palavras que nunca te direi...
Invocam desejos reprimidos, sentimentos guardados.
*
O calor do meu corpo envolve-te num terno abraço
O meu coração canta-te uma canção terna de carinho, paz e amor...
O meu respirar embala-te suavemente..
*
Percorro os contornos do teu rosto pausadamente...
Ao de leve com as pontas dos dedos...
Em suaves carícias
Tatuando o teu retrato no meu ser...
Traço por traço... para a eternidade.
*
Adormeceste...
A tua respiração está tranquila, o teu rosto sereno.
Poiso subtilmente os meus lábios nos teus...
Num beijo fugidío, que não retribuis.
*
Fico imóvel velando o teu sono
Sonhando acordada momentos de entrega e prazer
Cumplicidade e companheirismo.
Tenho-te agora nos meus braços, indefeso
Sei que quando acordares nos iremos despedir...
Talvez para sempre...
*
Fica comigo...


posted by QuartoCrescente (do blog "realidades&fantasias")

**********************************

Ci>> " assim nos encontramos: vc não pode me ver, mas pode me sentir... estou aqui, ao teu lado, passando as mãos pelos teus cabelos quase que sem toca-los, apenas seguindo suas formas...reparo como você é bonito, como teu rosto foi esculpido, irresistivelmente belo! Sentado em tua mesa de trabalho, por um minuto você fecha teus olhos e me sente, pode até sentir minhas carícias. Sente um arrepio por todo o teu corpo e pensa 'é ela!'. E ainda com os olhos fechados, você me pede uma prova de que estou aqui, me pede um beijo. Então me levanto, e vou me chegando mais perto de você, enquanto minhas mãos vão torneando teu corpo, partindo de 'tus espaldas, hasta tus manos' para que o contato não se perca! Enquanto me coloco a tua frente e me sento em teu colo, suavemente entrelaço meus braços em teu pescoço, suspiro no seu ouvido uma declaração de amor, e caminho até sua boca, roçando meu rosto no teu e sentindo a temperatura da tua pele, 'muy despacito'! encosto meus lábios nos teus, sinto que os corpos se esquentam, e que você vai me abraçar, e me trazer mais forte perto de você... quando o despertador toca e temos que acordar para mais um dia de dolorida realidade. Mas os corações aquecidos e o ânimo pelo novo dia nos mostra que, por mais uma noite, demos "colinho" um ao outro! ;D"

O que interessa...

As ocorrências da vida se destacam em dias de determinadas, na senda de todos:
As tribulações em família; os obstáculos no trabalho;
as enfermidades de longo curso; os desgostos domésticos;
o momento de erro; os tempos de crise;
os empeços profissionais; as incompreensões de pessoas queridas;
os dias de reconforto; as horas de êxito nas realizações laboriosamente esperadas;
os sofrimentos ocultos; os parentes difíceis; as aversões gratuitas;
os companheiros-problemas; os prejuízos de conseqüências graves;
os negócios infelizes; as épocas de solidão;
e as sombras da tempestade, quando a tempestade nos domina o ambiente...
De tudo isso, a Divina Providência toma o conhecimento preciso, através dos mensageiros que a representam, junto de nós, mas, em verdade, aquilo que ao plano Superior interessa saber é o nosso tipo de reação, diante disso ou daquilo que nos sucede.
(pelo Espírito André Luiz - Do livro: Endereços da Paz, Médium: Francisco Cândido Xavier.)

****************************************************
Ci>> Por mais difícil que seja não xingar um palavrão bem feio e sonoro quando batemos o dedinho no pé do sofá em um dia frio, e descalço... não é impossível!!! se vc se habituar a fechar os olhos e contar até 3, se acalmar e deixar que a dor passe em alguns minutos... porquê não usar a mesma técnica com as outras adversidades da vida? Não, não, não sou perfeita e não estou ainda habituada a fazer isso... mas é uma atitude que precisamos ter, a de treinar todos os dias sermos um pouco menos agressivos, e um pouco mais pacientes com o universo... nada de alergia a ele (viu Luiz!!! humpf! rs...)
"Se o problema é tão grande que não podemos resolver agora, não vamos pensar nele... se o problema não é tão grande assim, prá quê pensar nele???"
Um beijo grande, bom final de semana a todos! Ci

Algo para nunca esquecer

Sua presença é um presente para o mundo (e pra mim, em especial)
Você é o único e não há um igual a você.
Sua vida pode ser o que você quer que ela seja.
Viva os dias, apenas um de cada vez.
Conte suas benções, não seus problemas.
Você os superara venha o que vier.
Dentro de você há muitas respostas.
Compreenda, tenha coragem, seja forte.
Não coloque limites em si mesmo.
Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.
As decisões são muito importantes para serem deixadas ao acaso.
Alcance seu máximo, seu melhor e seu prêmio.
Nada consome mais energia do que a preocupação.
Quanto mais tempo se carrega um problema, mais pesado ele fica.
Não leve as coisas tão a sério.
Viva uma vida de serenidade, não de arrependimentos.
Lembre-se que um pouco de amor dura muito. Lembre-se muito disso: dura para sempre!!!
Lembre-se que a amizade é um investimento sábio.
Os tesouros da vida são todas as pessoas. (Perceba que nunca é tarde demais.)
Faça a coisas simples de uma forma simples. Tenha saúde, esperança e felicidade.
Encontre tempo para fazer pedidos a uma estrela (ou a Lua...) [Ci>> ou ao Sol, ou ao vento...]
E nunca jamais esqueça, Por sequer um dia, O quanto você é especial.
Bom Dia !!!!!

(Recebido hoje da Alê)

Quisera ser...

"Quisera ser o amor de tua vida...
compartilhar contigo o meu caminho...
acalmar meu coração que bate aflito,
cada minuto que "te vejo em minha frente".
Quisera que o destino nos unisse para sempre,
além da eternidade porque,
o amor que eu sinto é tão intenso
que já não cabe nesta vida só de agora.
Quisera que o futuro fosse mágico
e que um dia nossas vidas se encontrassem
para eu me agasalhar nos braços teus...
E assim como quem sonha todo o dia
acalentando esperanças renovadas
eu vivo pelo meu e teu amor ! "
(do blog "nosso cantinho")
¯¯¯
"...que lindo é sonhar, e sonhar não custa nada, sonhar e nada mais, de olhos BEM ABERTOS, que lindo que é sonhar, e não te custa nada mais que tempo!... a noite sonhei contigo..."
¯¯¯
Ci>> Quer??? vai buscar!

Quero...




"Quero amanhecer ao teu lado, ir dormi contigo,
sentir no teu olhar a paixão e o amor.
Quero deixar tudo de lado pra ficar um instante contigo.
Quero ser o teu maior desejo.
Quero ser teu momento de paz.
Quero ser tua alma gémea, no amor, na paixão e em todos teus sonhos.
Quero ser o teu melhor passeio.
Quero ser na tristeza e na alegria o teu melhor lugar do mundo.
Quero estar contigo quando ninguém mais esteja.
Quero ser teu pensamento durante o dia
Quero ser tua fome e tua sede
Quero ser tua vontade
Quero ser na tua vida tudo aquilo que falta
Quero ser o momento e a hora do teu melhor dia
Quero ser pra ti tudo que tu és pra mim
Quero ser milhões de coisas pra não ser nada quando tu quiseres
Quero ser teu silencio
Quero ser teu segredo
Quero ser tua vida...
Pra que a minha vida seja a tua... "
(do blog "nosso cantinho")
**************************************************************
Ci>> qto mais eu leio, e menos procuro, mais encontro poetas anônimos, que não têm sequer a pretensão de escrever linhas cheias de regras que compõe poemas sábios e políticamente corretos para acadêmico ler, mas tão cheios de calor, de AMOR, que eu consigo sentir os sentimentos expostos ali quando foram escritos, e conecto os meus sentimentos aos deles, já que muito do que eu leio são traduções exatas do que eu sinto... Por isso eu publico aqui (a idéia é compartilhar certo?). Este último blog que encontrei agora é cheio de sentimento, de emoção, de carinho, de desejo, e ler seus textos é algo contagiante!

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Não é o que acontece, é como você vê o que acontece!

Conta a lenda que os alquimistas da Idade Média eram pessoas capazes de transformar o chumbo em ouro: belo trabalho, se você conseguir! De certo modo, todos nós precisamos ser alquimistas para ver além das aparências superficiais. Nosso desafio cotidiano consiste em enfrentar situações que parecem infelizes – perder o avião, acidentes de carro, divórcios, garçons mal-educados – e transformá-las em intervalos felizes. Isso significa que você deve rezar para quebrar a perna? Não, mas se tal coisa acontecer, trate de encontrar uma oportunidade dentro do “desastre”. Aí você pergunta: “que bem isso pode me fazer?”... E eu respondo: você passa a viajar no ônibus da vida ao invés de empurrá-lo... À medida que você para de reagir com pavor ante o inesperado, torna-se mais equilibrado e passa para uma posição de poder.
Enquanto você acreditar que alguma coisa em sua vida é um desastre, isso resultará num desastre contínuo. Digamos que você se divorciou recentemente e imagina que sua vida está arruinada. [...Ci>> não é texto meu...] Enquanto acreditar nisso, será assim. Digamos que você é demitido aos 50 anos e chega à conclusão de que o seu tempo já passou. Enquanto acreditar nisso, assim será.
Ou seja: enquanto a sua atitude for negativa, você não fará nada para melhorar de vida... Enquanto você enxergar somente o desastre, atrairá mais desastres... Os acontecimentos se darão conforme as suas expectativas. Mas, no minuto que você mudar de crença sobre a situação, seus pensamentos diferentes atrairão pessoas diferentes e novas oportunidades...
A vida deve ser divertida! Os pássaros acordam todos os dias cantando. Os bebês riem sem nenhum motivo. Observe os golfinhos, os cachorros... quem disse que a vida não tem graça? O universo é brincalhão. Se você herdou a idéia de que a vida não foi feita para ser divertida, compreenda o que isso significa: é apenas uma crença da qual você pode descrer.
Em poucas palavras: os “desastres” da vida não são propriamente desastres, são situações que esperam que você mude de atitude.
(texto de Andrew Matthews no livro "Siga seu coração")
***********************************************
Ci>> A-T-I-T-U-D-E e E-N-D-O-R-F-I-N-A Colega!!!!
esqueci de responder um comentário que recebi: Caro "Anônimo", só enxerga as asas de um anjo quem é muito especial, pois quem as vê, as merece! se eu te vejo uma borboleta, é por que vc já é uma borboleta, e de alguma forma eu te mereço, seja sua amizade, sua companhia, seu ombro... talvez você ainda não seja capaz de se ver tão belo (a), mas eu vejo!

A Felicidade >>

AMOR, AMOR, AMOR!!!

O que você tem feito de sua vida! Ainda procurando a felicidade?
Correr atrás da felicidade é o mesmo que um cachorrinho correndo atrás de seu rabo. Por mais que ele persiga, mais ele corre em círculo, chegando a lugar algum.
A felicidade não é uma coisa que perseguimos e, em seguida, encontramos. É uma atitude. É a habilidade de se alegrar com o que possuímos mesmo que não seja exatamente o que queremos. As coisas boas e as circunstâncias agradáveis sozinhas não constituem a felicidade.
A felicidade não depende das coisas exteriores e sim da maneira como lidamos com elas. Não é o muito que temos, mas o quanto apreciamos o que temos que gera a felicidade. Ao invés de buscar aumentar nossas posses, devemos subtrair nossos desejos.
Nos iludimos correndo atrás da felicidade. Às vezes achamos que ela está na concretização do sonho de se formar na universidade, outras vezes na promoção na empresa. Há os que pensam que só serão felizes quando conquistarem vitórias financeiras: um bom carro, uma casa maior, ganhar na loteria.
A felicidade precisa estar dentro de nós, trazendo paz e tranqüilidade em qualquer situação. Se ela estiver em um carro, corre o risco de ser destruída em um simples acidente de trânsito. Se estiver em uma casa, corre o risco de ruir com qualquer abalo. Se estiver em um emprego, pode desaparecer no momento de uma demissão. Não, a felicidade não pode estar em nenhuma dessas coisas.
A felicidade entra em nossos corações para nos ajudar a enxergar tudo de maneira diferente; com ela, aprendemos a nos alegrar não com o que ainda não conquistamos, mas com o que já temos.

(enviado por Edenilson Junior ao primeiro programa de 23/4/09)

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Ci>> Felicidade é todo dia lembrar que temos mais a agradecer do que a pedir.. é dar valor ao que temos de bom, e dar valor tbem ao que possa nos ter acontecido de ruim (afinal o aprendizado fica)... é amar sem pedir nada em troca, e sentir o dom do amor tocar seu coração, mesmo que seja por alguns minutos do dia corrido, seja ouvindo uma música, seja vendo uma imagem, uma foto, qquer coisa que lembre que há alguém a quem amamos em algum lugar do planeta que neste momento sente a nossa vibração... pq para cada pensamento de amor que você tiver, o seu bem querer vai sentir e vai se sentir melhor, e melhor e melhor... pense em quem você ama com carinho (pais, filhos, irmãos, amigos, amantes, amores platônicos, ídolos, sei lá)... e quando você sentir aquele arrepio na espinha, aquela sensação de que há alguém te vigiando, que há alguém atrás de você bem pertinho, um calorzinho na nuca repentino, pode acreditar, é o retorno dos teus pensamentos e vibrações de amor... alguém que te ama pensou em vc! AMOR, AMOR, AMOR!!!

Hoje não quero ser forte!
Quero somente o teu colo,
Tuas mãos em meu cabelo,
Quero teu colo de amor.
Hoje quero repousar,
Embalar o meu medo,
Enganar o frio,
Quero o teu colo de abrigo.
Hoje só quero um abraço,
Tuas mãos num doce carinho
O silêncio do teu beijo,
Quero o teu colo mansinho...
(Autor Desconhecido)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Ci>> mmmmm, colinho....

Sonhar faz bem e não custa nada...


"Sonhar faz bem e não custa nada; aliás, projetar um futuro já é um bom começo, um jeito antecipado de testar algum tipo de realização. Mas só sonhar não basta e pode virar ilusão. Além de sonhar você precisa investir na realização dos seus sonhos. É preciso pôr esses sonhos em uma perspectiva viável e ir à luta, empenhar-se diariamente para torná-los realidade. Estude, planeje, e faça algo todo dia por seus sonhos que com certeza você concretiza-los. Cabeça nas nuvens mas com os pés no chão. Assim você não confundirá sonho com ilusão. " (do blog do Irineu Toledo)

********************************

Ci>> Sonhar é a melhor forma de estar perto do que se quer, é manter viva a chama do querer, é fazer com que sintamos real e verdadeira a possibilidade de transformar o querer em ter, conseguir, chegar lá... se concentrar em um sonho é acreditar com toda a força do seu desejo que ele pode se tornar possível, é como o poema que diz que por mais dificil que pareça chegar até ela, não teria nenhuma magia o caminho se não fosse a beleza do brilho da estrela que o ilumina... a estrela é a meta, e o seu brilho forte é o sonho que me faz caminhar em sua direção... trace seus objetivos, eu traço os meus, e o destino fará o resto... e quem duvida que eu não vou chegar lá? quem disse que eu não a alcanço e não a terei um dia [a minha estrela, il mio sole]? eu ainda acredito... y todo dia un poquito mas!


Tira-me o pão, se quiseres, tira-me o ar, mas não me tires o teu riso.
Não me tires a rosa, a lança que desfolhas, a água que de súbito brota da tua alegria,
a repentina onda de prata que em ti nasce.
A minha luta é dura e regresso com os olhos cansados,
às vezes por ver que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas as portas da vida.
Meu amor, nos momentos mais escuros solta o teu riso
e se de súbito vires que o meu sangue mancha as pedras da rua,
ri, porque o teu riso será para as minhas mãos como uma espada fresca.
À beira do mar, no outono, teu riso deve erguer sua cascata de espuma,
e na primavera, amor, quero teu riso como a flor que esperava,
a flor azul, a rosada minha pátria sonora.
Ri-te da noite,do dia, da lua, ri-te das ruas tortas da ilha,
ri-te deste grosseiro rapaz que te ama,
mas quando abro os olhos e os fecho,
quando meus passos vão, quando voltam meus passos,
nega-me o pão, o ar, a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.
(Pablo Neruda)
***********************************
Ci>> "... o sorriso mais lindo que eu já vi... o mais terno, o mais sincero, o mais tímido, assim de canto, meio como quem não quer rir, mas quer sim... silencioso mas que tem tanto a dizer... a gargalhada mais sincera, o riso... seu riso... sorriso!" - como é bom ouvir o seu riso, ver o seu sorriso denovo, ainda que em meus sonhos, pensamentos, vibrações...

quarta-feira, 22 de abril de 2009

... All I wanna do is find a way back into love...

'way back into love'...
He vivido con una sombra en la cabeza
He soñado con una nube debajo de mi cama
He estado sola por mucho tiempo
Atrapada en el pasado, parece que no puedo seguir.
He estado guardando todas mis esperanzas y mis sueños
Por si algún día los vuelvo a necesitar
He apartado a un lado el tiempo para limpiar un pequeño espacio en los rincones de mi mente
Todo lo que quiero es volverme a enamorar
No puedo lograrlo sin un camino de vuelta al amor!!
He mirado pero las estrellas se rehúsan a brillar
He buscado pero no veo las señales
Se que estan ahí
Tiene que haber por ahí algo para mi alma.
He buscado alguien que me de luz
No solo alguien que me lleve por la noche
Podría usar instrucciones, y estoy abierto a sugerencias
Todo lo que quiero es volverme a enamorar
No puedo lograrlo sin un camino de vuelta al amor
Y si abro mi corazón otra vez
Creo que tengo esperanzas de que estarás al final para mi
Hay momentos en que no se si es real
O si alguien siente lo mismo que yo
Necesito inspiración, no solo otra negociación.
Todo lo que quiero es volverme a enamorar
No puedo lograrlo sin un camino de vuelta al amor
Y si abro mi corazon otra vez
Creo que tengo esperanzas de que estarás al final para mi.
Y si me ayudas a comenzar otra vez
Sabes que estaré allí para ti en el fin.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Ci>> recebi esta versão da música em espanhol e achei uma gracinha, como estou aprendendo, resolvi compartilhar com os amigos... gracias teacher, e beijos a todos!!!

terça-feira, 21 de abril de 2009

Só hoje...

Hoje foi um daqueles dias que daria tudo para ter o meu rosto adormecido no teu colo e me acariciasses com as tuas mãos delicadas a minha a minha face e assim nos esquecêssemos de tudo e de todos…dos problemas, das angústias, das pessoas más, dos entraves…
…Seriamos só nós dois, como se nos transportássemos para o nosso mundo onde só nós existiríamos….
… Aí, tu dirias para não me preocupar que tudo iria ficar bem, que este mau momento iria passar, que não estava sozinho a percorrer este caminho, que não tivesse receio…
…Porque me amas e eu….. amo-te a ti…
Limparias a minhas lágrimas que rebeldes teimam em sair do fundo dos meus olhos, me darias um beijo quente, intenso, apaixonante….
…Acariciavas-me mais uma vez a face e sussurravas-me bem baixinho…não te preocupes meu amor segue em frente eu estou mesmo aqui……ao teu lado.
I still keep searching for you…
(do Blog Diário de um Caranguejo)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Ci>> ahhhh, esses sonhos.... tem horas que sonhar dói demais...

sexta-feira, 17 de abril de 2009


" (...) Entretanto, o sentimento da infelicidade é um veneno roaz, que ninguém suporta, indene, por muito tempo. Por isso, o infeliz procura felicidade em mil e mil derivativos, narcóticos, intoxicantes e expedientes de todo gênero. E há tantas coisas e coisinhas interessantes e divertidas, no vasto âmbito do mundo circunjacente... Para o menos exigente, há os prazeres fáceis dos sentidos - e quão grande é a sua variedade e prepotência! Que delícias no plano do comer, do beber e do sexo! Para outros, que excitantes venturas nas especulações financeiras, nos trabalhos comerciais, industriais, científicos e sociais! Que inebriante sedução às mesas de jogo e nos bastidores da política! Que suaves carícias nos causam as auras tépidas da fama, dos elogios, da celebridade! E quão fascinantes são, para muitos, as viagens a terras longíquas e a povos desconhecidos!
De maneira que não faltam ao homem que não tolere o vácuo do próprio Ego ensejos de encontrar plenitudes fora de si mesmo e camuflar com as riquezas externas a pobreza do seu interior. Nessa permanente fuga diante de si mesmo encontram muitos profanos conscientemente infelizes um ersatz, um sub-rogado, pela felicidade que lhes falta. Embora essas coisas externas não os façam, propriamente felizes, pelo menos lhes diminuem e suavizam, temprariamente, a consciência da infelicidade - e a pobre criança de sua alma, soluçando por algo que ignora, acalma, por momentos, a sua dolorosa nostalgia e inquietude metafísica...
(...)
A mais difícil das coisas difíceis é a sinceridade para conosco mesmos - e a falta dessa auto-sinceridade é a razão por que há tão poucos homens realmente espirituais. Procuramos mil e uma evasivas e subterfúgios, desde os mais sérios até os mais ridículos para não aceitar a verdade sobre nós mesmos - por quê? Porque a aceitação real e a prática dessa verdade implica em algo parecido com uma dolorosa intervenção cirúrgica nos tecidos vivos do nosso próprio Eu - e ninguém gosta de ser operado..." (Huberto Rohden)
**********************************
Ci>> falei sobre isso ontém a uma amiga... como sempre, pedimos uma orientação e ela vem, sinais de proteção dos amigos lá do outro plano... Me peguei mais de uma vez me perguntando por que estava fazendo isso ou aquilo, já que minha natureza não é essa... decidi não mais fazer o que não quero, ainda que isso desagrade outros... alguns segundos de egoísmo no dia não me farão tão mal... existem momentos em nossas vidas em que ou somos egoístas o suficiente para dizer não, ou somos engolidos pelo egoísmo alheio. E não há violência (do corpo e da alma) maior do que irmos contra o que nossa natureza nos permite ser! Sou exatamente assim: fiel a mim mesma, ainda que isso pareça estranho aos outros e foi a fidelidade à minha personalidade própria que atraiu tantos amigos, tantas pessoas que confiam em mim, no meu trabalho, no meu ombro, no meu colo, para o meu lado. Eu não ligo se me acham meio louca, meio bruxa, meio sonhadora demasiado... é meu "link" com os meus sonhos que me faz acordar todos os dias e sobreviver apesar de...
Questione-se uma vez ao dia pelo menos se está sendo fiel à sua natureza... e não perca sua essência por que se desiludiu com algo, com alguém, porque se decepcionou, porque perdeu a fé por um momento. Sua essência é linda, é a única coisa efetivamente sua e é dela que você construirá seu aprendizado nesta esfera!
Que Deus nos permita sempre permanecer dentro do que acreditamos, ainda que tudo à nossa volta nos faça duvidar da força do Bem Maior. Para cada uma dúvida que tenhamos, que ao menos 2 provas nos tragam de volta à fé! Amém!

"Quem sou eu? (Lica do Blog Dilemas e Delirios)"
Não venha me falar de razão,
Não me cobre lógica,
Não me peça coerência,
Eu sou pura emoção,
Tenho razões e motivações próprias,
Me movimento por paixão,
Essa é minha religião e minha ciência.
Não meça meus sentimentos,
Nem tente compará-los a nada,
Deles sei eu, Eu e meus fantasmas,
Eu e meus medos, Eu e minha alma.
Sua incerteza me fere, Mas não me mata.
Suas dúvidas me açoitam, Mas não deixam cicatrizes…
"Evoluir não é querer ser a borboleta sem ter sido a larva mísera e preta, é atravessar o lado escuro e nascer como o lírio perfumado e puro. É dia após dia renascer, é tropeçar nas faltas e ressurgir dos erros praticados, é prosseguir, cair e outra vez erguer. Evoluir é depurar a alma cativa, é lapidar a pedra rude e viva, dar-lhe a aresta, o brilho e o destino. Evoluir é retirar lições das dores, dos espinhos retirar as flores, e do erro, o máximo de ensino." Yvanna Saraiva (Blog Metamorfose Ambulante )

quinta-feira, 16 de abril de 2009

O BOM LIVRO


O livro edificante é sementeira da Luz Divina, aclarando o passado, orientando o presente e preparando o futuro...

Instrutor do espírito – esclarece sem exigências,

Médico da alma – cura sem ruído,

Sacerdote do coração – consola sem ritos exteriores.

Amigo vigilante – ampara em silêncio,

Companheiro devotado – jamais abandona,

Cooperador eficiente – não pede compensações.

Semeador do infinito – fecunda os sentimentos,

Benfeitor infatigável – permanece fiel,

Arquiteto do bem – constrói no espírito imorredouro.

Altar da simplicidade – revela a sabedoria,

Fonte inesgotável – jorra bençãos de paz,

Campo benfazejo – prepara a vida eterna.

Lâmpada fulgurante – brilha sem ofuscar,

Árvore compassiva – frutifica sem condições,

Celeiro farto – supre sem perder.

(pelo Espírito André Luiz - Do livro: Relicário De Luz. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.)

ESPECIAL STUM: A Voz do Silêncio (ref ao video postado ontém)

É sempre assim... Já não dá para chamar de conspiração, pois virou roteiro. Primeiro foi o amigo Zé que, ao entrar em minha casa, me pediu para gentilmente desligar o inofensivo rádio, que espalha por aqui música ambiente em volume muito, muito baixo. Depois veio a Deborah, que me enviou por e-mail um vídeo do youtube sobre o tema "silêncio". Hoje foi a Sandra, que me contou um fato raro: na fila do Correio encontrou depois de anos uma conhecida, pessoa surda e muda, com a qual se comunicou sem palavras, pela leitura labial... algo que ainda não tinha feito antes... e que eu visualizei como se estivesse estado lá com ela, abrindo um profundo sorriso nos lábios, que me pegou novamente agora ao digitar.
A cereja em cima do bolo veio enquanto me barbeava, quando veio forte em minha mente a frase em italiano que dizia claramente: La voce del silenzio... Sou cabeça dura, mas ficou logo evidente, em frente ao espelho, o tema do especial. Espero não cansar o leitor com estas observações que normalmente coloco no começo do texto, mas acho relevante transmitir como as sincronicidades se sucedem quando estamos receptivos e observamos o que acontece, vindo sempre de forma simples e suave à nossa volta. É precioso verificar que nunca estamos isolados, sendo que todos fazemos parte da poderosa teia de energia que amorosamente nos envolve e nos coloca no lugar certo, na hora certa, para, de alguma forma, passar à frente uma mensagem legal, que alimente mais e mais nossa alma.
Bom, rápida busca no google e veio em menos de um segundo este vídeo... pela voz de Andrea Bocelli com a lindíssima região da Toscana ao fundo. A música me arrepiou o corpo todo, mesmo que, de início, tivesse julgado tratar-se de mais uma singela canção de amor, falando de saudade ou de perda. Mas senti com clareza que não era isso que ela me passava. Sempre, desde que o mundo é mundo, os poetas e os músicos em sintonia com as esferas superiores conseguiram tocar as pessoas mais sensíveis e despertas driblando as censuras e as normas obscurantistas dos poderosos, dos patrulhadores de plantão... e a Itália ainda sofre amplas influências nocivas neste sentido, vindo pontualmente de Roma! Foi muito simples: bastou trocar a palavra "amor" por "minh´Alma" e tudo passou a fazer mais e mais sentido. E -em silêncio sagrado-, agradeci profundamente.

... E de repente
reparo que o silêncio
tem o rosto das coisas
que perdeste,
e eu te sinto amor
te sinto em meu coração,
estás retomando o lugar que
tu não havias perdido nunca...
É desta forma, como nas palavras tão íntima e profundamente cantadas pelo Andrea Bocelli, que se processa, finalmente, o fim da busca no mundo exterior, o reencontro com a essência imortal que em nós habita, após uma longa e estéril caminhada no mundo da ilusão, com suas luzes de brilho tão intenso que chegam a nos queimar por fora, com seus ruídos perturbadores que atordoam, hipnotizam e entorpecem nosso centro, que desde sempre pede paciente e ardorosamente para sair da sombra, ser reconhecido e ouvido, lá onde o estridente som da rua, das buzinas, dos sinos não consegue mais chegar... no encontro definitivo com a Fonte, o que alguns sábios chamam de vazio criador que a tudo contém.
Como é maravilhoso ter o dom de comunicar as grandes verdades da vida pela voz tão melodiosa e pela música -a linguagem universal-, a vibração que atinge o mais fechado dos corações... a cada nota suave transmitindo a mensagem do amor... gota após gota por fim perfurando a mais endurecida couraça. O Universo trabalha assim, com infinita paciência, relevando nossos erros, nossas omissões, nossa apatia e o medo para enfrentar os desafios da caminhada... Dá para perceber, olhando para trás, os passos dados até aqui, o quanto já nos equivocamos, deixamos a desejar, sem por isso incorrer em qualquer punição ou reprimenda.
Tivemos nossas aulas de experimentação e incontáveis provas para transpor, mas quem nos colocou na contenda nos entregou as ferramentas e os instrumentos para passar de fase... aprendemos que é indispensável sair da sombra ou do falso brilho exterior e olhar para dentro, pra abraçar novamente nossa Alma, que "não havíamos perdido nunca".
Vamos refazer juntos a descoberta que a letra da música nos sugere e colocar entusiasmo e movimentos de amor em nossa vida... voltar a sentir sem precisar ver ou ouvir, simplesmente captando a mensagem que vem de dentro, das nossas entranhas; mensagem esta que liberta, conforta, ampara e protege. Vamos buscar em nosso centro o mapa original de nossa missão, as informações gravadas profundamente em nosso banco de dados, que nos conduzem, a todos, pois todos estamos aqui com um propósito único e bem claro, a concretizar, enfim, a obra da Unidade, da Paz interior que nos irmana definitivamente, que nos tira da incerteza, da mesmice e da ignorância.
Vamos buscar a realização suave e verdadeira, que se sobrepõe ao desmando, à injustiça, à corrupção que vemos lá fora, mas que faz parte do mundo de maya. É ilusão, é parte do processo de depuração do joio e do trigo; jogo -mas não jugo-, visto que somente participam desta balada inconsequente os que não entenderam a mensagem da canção e que -poderá demorar, mas chegarão lá também-, não conseguiram mergulhar no "mar do silêncio", que ainda não sabem o quanto sua alma está perdida e faminta. Apesar da ilusão na qual estão imersos, são unos com tudo e saberão no momento apropriado, retornar ao convívio com a Luz, com o amor incondicional que a tudo conserta e cura, o bálsamo definitivo, absoluto.
Somos um só e a cada dia nos dedicamos mais e mais ao serviço da compaixão, sempre disponíveis e amorosamente guiados e amparados. A vida é um jogo deslumbrante, justo e perfeito. Há somente uma regra e esta é simples: precisa apenas colocar o amor em tudo. Não há vencedores ou vencidos, pois não se trata de mais uma férrea competição desta dimensão terrena, e o que importa é atingir uma vibração que liberta, fascina, encanta e congrega. O tempo, aqui nesta arena, não conta, é supérfluo. O que vale é a transformação de nossa Alma, nos fazendo mergulhar novamente no mar de Luz que carregamos desde sempre em nosso peito... Vamos, juntos, respirar o silêncio, entrar de vez na onda melodiosa que o amor proporciona? Vamos fazer nossa parte, dando nosso exemplo, sendo mensageiros da esperança e da Paz? Escreve a Izabel Telles: "A intenção remove montanhas, as portas estão abertas e a oportunidade bate à nossa Casa convidando a todos para o grande salto de fé".
Sinto muito - Eu te amo - Muito obrigado.
Somos Todos Um só!
Sergio - STUM
************************************
Ci>> AMOR, AMOR, AMOR.... Queridos todos, se eu não disse que eu os amo, digo agora: eu amo... a todos... sem distinção, sem medo, sem mentiras... eu amo muito e sou mto grata por toda a paz que vocês me transmitem, sustentação e amizade! VIBRAÇÃO DE AMOR PRÁ TODOS HOJE E SEMPRE... bjuxxx da Ci!