sexta-feira, 24 de abril de 2009

Minhas visitas....

Deita aqui, a cabeça no meu colo...
Fecha os olhos...
Descansa... Estou aqui...
Esquece o Mundo à tua volta por uns momentos...
*
Aconchego-te a mim...
Afago os teus cabelos...
Os meus dedos penetram neles lentamente...
Entrelaçam-se neles, enrolam-se neles...
Percorrem madeixa por madeixa delicadamente...
Descrevem palavras que nunca te direi...
Invocam desejos reprimidos, sentimentos guardados.
*
O calor do meu corpo envolve-te num terno abraço
O meu coração canta-te uma canção terna de carinho, paz e amor...
O meu respirar embala-te suavemente..
*
Percorro os contornos do teu rosto pausadamente...
Ao de leve com as pontas dos dedos...
Em suaves carícias
Tatuando o teu retrato no meu ser...
Traço por traço... para a eternidade.
*
Adormeceste...
A tua respiração está tranquila, o teu rosto sereno.
Poiso subtilmente os meus lábios nos teus...
Num beijo fugidío, que não retribuis.
*
Fico imóvel velando o teu sono
Sonhando acordada momentos de entrega e prazer
Cumplicidade e companheirismo.
Tenho-te agora nos meus braços, indefeso
Sei que quando acordares nos iremos despedir...
Talvez para sempre...
*
Fica comigo...


posted by QuartoCrescente (do blog "realidades&fantasias")

**********************************

Ci>> " assim nos encontramos: vc não pode me ver, mas pode me sentir... estou aqui, ao teu lado, passando as mãos pelos teus cabelos quase que sem toca-los, apenas seguindo suas formas...reparo como você é bonito, como teu rosto foi esculpido, irresistivelmente belo! Sentado em tua mesa de trabalho, por um minuto você fecha teus olhos e me sente, pode até sentir minhas carícias. Sente um arrepio por todo o teu corpo e pensa 'é ela!'. E ainda com os olhos fechados, você me pede uma prova de que estou aqui, me pede um beijo. Então me levanto, e vou me chegando mais perto de você, enquanto minhas mãos vão torneando teu corpo, partindo de 'tus espaldas, hasta tus manos' para que o contato não se perca! Enquanto me coloco a tua frente e me sento em teu colo, suavemente entrelaço meus braços em teu pescoço, suspiro no seu ouvido uma declaração de amor, e caminho até sua boca, roçando meu rosto no teu e sentindo a temperatura da tua pele, 'muy despacito'! encosto meus lábios nos teus, sinto que os corpos se esquentam, e que você vai me abraçar, e me trazer mais forte perto de você... quando o despertador toca e temos que acordar para mais um dia de dolorida realidade. Mas os corações aquecidos e o ânimo pelo novo dia nos mostra que, por mais uma noite, demos "colinho" um ao outro! ;D"

Nenhum comentário:

Postar um comentário