domingo, 3 de maio de 2009

Amor de menina



O amor de menina era de sonho bonito.
Perfeito como uma manhã de primavera, tocante à leveza da alma. Necessitava, contudo, de um coração escolhido,
que o mantivesse vivo, centrado e circunscrito.
A menina, que crescia, foi criando seus amores.
Cada vez mais, doava o seu encanto
indo buscar, nos confins do céu que criava,
suas brancas nuvens de amor para si.
Pobre menina, encarcerada em seus sonhos;
que doava-se inteira e nada encontrava de brancura em seus amores...
Esvaziava-se; entregava seu coração à luz que se abria nos horizontes alheios.
Perdia-se nestes céus à procura de anis que lhe dessem firmamento.
Ó ilusão!
Quanta angústia a retorcer seu coração a sangrar dores dilaceradas.
Uma parte de si que gemia a se despedaçar...
E de tanto chorar cores sem anis, os olhos marejados da menina crescida,
que de tantas lágrimas nada mais podiam ver do que o seu próprio coração,
descobriu ali um céu tão azul, que de tanta leveza brilhava transparente.
Só olhos sutis conseguiam enxergar...
Ela se encontrou neste céu, reconheceu cada gota de amor que um dia criou.
E banhou-se nesta amorosidade, mergulhou fundo em si mesma.
Quanta beleza, quanta doçura guardada em seu interior... sentia expandindo-se, em êxtase.

Os olhos deixaram as lágrimas, agora saltavam luzes.
O coração livrou-se do cárcere e brilhava como um lindo farol reluzente.
E a crescida, ainda sonhava menina, mas agora no seu céu.
Continuava a criar amores, como nunca! Contudo, passava a criar livremente...
não só para amantes, mas também para a chuva, o vento e as flores.
Estava livre para amar,
ao descobrir que o céu que desejava estava além do anil.
Sempre foi a luz de amor que não precisa de direção,
pois o amor está naquele que ama, a preencher a menina de coração.
(Sabrina Bonzi - do blog jardim dos Girassois)
*************************************
Ci>> ... segue a menina, fazendo poemas, criando sonhos, lendo cartas de amor, ouvindo musicas e dançando em nuvens, a espera do momento de chegar além do anil, onde o céu que a completa está... trabalha firme na espera de um dia encontrá-lo, este céu tão distante, e tão próximo... não perde as esperanças porque sabe que uma força maior permitirá que tal caminho reluza em sua frente, e a luz das estrelas a guiará para que caminhe sem medo... segue a menina sonhando, sorrindo, escrevendo.... e dançando!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário