segunda-feira, 22 de junho de 2009

ATESTADO DE MALUQUEZ

A gente sempre sabemoque maluco nois semo,
porque muito poetemo...
Diz qui de poeta e louco, todos temo um pouco...
Mai... reconheça, e disso mai num isqueça...
Essa nossa maluqueza, fais da vida uma beleza,
alegra as arma das pessoa,
fais genti sorri inté cando as coisa num tão boa...
Poeta a genti semo,
di amô a genti screvemo...
Nois crevi di paz, da Natureza,
i fais da vida sempri uma beleza...
A gente semo repentista, qui da poesia num perde a pista...
Intão, essa minina, si noi semo maluco,
longi tamo di sê caduco...
Venha de lá um abraço danado di bão,
pra alegrá nossos coração...
(Autor )
*************************************
Ci>> eu, maluca? maluco é quem não aproveita a vida... não vive... sobrevive!

Nenhum comentário:

Postar um comentário