terça-feira, 2 de junho de 2009

"BUSCA"


Vivemos a procura de algo que nos satisfaça.

As vezes "coisas" acontecem e de maneira inexplicável.

Existe uma empatia que vai crescendo e transformando.

Mas por uma serie de razões não concretizam e impedem o gozo.

O que nos falta é discernimento para identificar o bom e o mau.

É "chato", mas não é fatal.

Refugio-me no sonho e fantasio mesmo;

desde aquele cinema regado a pipoca,

a uma relação sexual acrobática no meio da sala.

Resolve? Não.

Mas suaviza esta angustia "maluca" para tornar-se obsessão.

Um dia.... espere que ele acontece,

pois amor não morre, só fica distraído.

(texto recebido hoje do CâRiùá - TaTaRaNa)

********************************************

Ci>> eu diria mais, eu diria Fodástico!!!! Lindíssimo, me lembrou poemas feitos pelo Cazuza, algo profundo e despretensioso, de muito bom gosto! Vou acrescentar aqui o outro texto do mesmo autor, que completa meu comentário (e publicação autorizada por ele):

"DEDUÇÃO"
'COMO A FACA CORTA AO MEIO, EM PEDAÇO OU EM FATIA.
O MEDO, DO SEU JEITO, DESTRÓI A FANTASIA.
PICA MÓI E TRITURA SEU DESEJO PELA VIDA.'
CãRiùá - TaTaRaNa

Nenhum comentário:

Postar um comentário