domingo, 9 de agosto de 2009

Alma Gêmea: Mito ou Verdade?::Osvaldo Shimoda ::


O tema Alma Gêmea, apesar de ter sido abordado com freqüência pela mídia nos últimos tempos (já foi tema de novela na televisão, jornais, revistas, livros, etc.), ainda assim, para muitos -principalmente para os mais céticos e racionais- pode parecer inverossímil, ou até mesmo muito romântico, próprio dos contos de fadas.A dificuldade também de muitos não aceitarem a premissa da Alma Gêmea ocorre pelo fato do termo ser mal empregado e, portanto, mal compreendido, pois à primeira vista se nos atermos literalmente à letra, Alma Gêmea dá a entender que se trata de um espírito duplicado, como um clone, portanto, com as mesmas vontades e a mesma evolução espiritual. Ora, sabemos bem que não se faz a duplicação do ser humano, que é uma centelha divina, luz emanada do Criador. Sendo assim, cada espírito guarda sua individualidade inviolável. Por isso, não existem duas impressões digitais iguais, idênticas, na natureza.Cada ser humano é, portanto, uma pedra preciosa, um fenômeno singular, uma aventura única, um milagre suficiente para não ter de comparar com ninguém, a não ser consigo mesmo. Desta forma, a expressão Alma Gêmea é na verdade, uma metáfora (prefiro a expressão alma companheira para não dar margem a uma interpretação equivocada), pois caracteriza uma afinidade específica entre dois seres. Ou seja, um complementa o outro, guardando, entretanto, sua individualidade e vivendo mesmo uma evolução diferente. No meu caso, por exemplo, a minha alma gêmea não está encarnada; ela está, portanto, desencarnada e num nível de evolução espiritual superior ao meu. Por isso, ela é também a minha mentora espiritual, ser desencarnado, diretamente responsável pela nossa evolução espiritual.Sendo assim, a alma gêmea não é um espírito idêntico, mas afim, ligado a outro por forte afinidade e simpatia; porém, com diferença de evolução e de costumes em suas caminhadas ascensionais.No entanto, os laços que unem essas duas almas são tão fortes e profundos que acabam superando todas as diferenças. Você e sua alma gêmea freqüentemente vieram juntas em várias encarnações, não só como cônjuges, mas também em outros papéis sociais (pai e filho, irmãos, amigos, etc.); por isso, esse laço forte e profundo que os une. Aqui explica o porquê de muitos casais ao se conhecerem na vida presente, sentirem uma forte atração e afinidade um pelo outro. Em muitos casos, a afinidade do casal é tão grande que basta um olhar para que o outro saiba o que quer. Não precisam de muitas palavras para se entender.Explica também o porquê de uma mulher se envolver intensamente com um homem bem mais velho ou mais novo do que ela, em condições sócio-econômicas e culturais opostos, ou mesmo de raça, nacionalidade e idioma diferentes.A afinidade e entrosamento do casal são inexplicáveis aos olhos de uma mente racional cartesiana, lógica, pois somente os que conhecem a linguagem da alma são capazes de entender a profundidade do tema.Quero esclarecer ao leitor que o reconhecimento de sua Alma Gêmea pode acontecer de várias formas. No entanto, na minha prática clínica, ao conduzir mais de 7000 sessões de regressão de memória em meu consultório, ao passarem pela TRE (Terapia Regressiva Evolutiva) -A Terapia do Mentor Espiritual- Abordagem psicológica e espiritual breve, criada por mim, é comum os pacientes recordarem emocionados as várias existências passadas em que estiveram juntos com sua Alma Gêmea. É comum também nesta terapia -através do mentor espiritual do paciente- ser revelado onde se encontra a sua Alma Gêmea, que pode estar encarnada ou desencarnada no Astral (é importante ressaltar aqui, que nesta terapia, o mentor espiritual do paciente só revela algo de seu passado ou futuro, se isso for realmente ajudá-lo).O insucesso amoroso de muitos homens e mulheres pode ser explicado também pelo fato de ainda não terem encontrado sua alma gêmea. É o que constato nos relatos de meus pacientes.
[...]
Um forte abraço!
Osvaldo Shimoda

**********************************************

Ci>> Fe raciocinada... essa é a verdadeira forma de acreditar que há um plano maior para todos os encontros e reencontros desta vida... acreditar que existe alguém que nos completa não é algo louco, inventivo ou pouco provável.. não é sonho... nem ilusão... Mas esperar por esta outra metade como se fosse a unica salvação de nossas vidas, aí sim é extremamente prejudicial à saude. Viver outras coisas de nossas vidas enquanto aquela pessoa com quem falamos a linguagem da alma não chega é a melhor coisa a se fazer. Colocar nossas forças naquilo que nos fará fortes, e deixar que tudo se mova conforme a ação do tempo, e os desígnios de Deus. UM DIA POR VEZ...
Todo mundo tem alguem com quem poderá dividir essa passagem, é uma questão de tempo e oportunidade para encontra-la. Particularmente, já não acredito em principes, homens perfeitos, enfim... mas acredito que haja alguém capaz de cruzar meu caminho e permanecer ao meu lado até a passagem, me dando força e me mostrando o quanto lhe sou importante... nada de ilusões, mas sempre há esperança de que algo de bom irá chegar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário