sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Escolhas de uma Vida.

Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção,estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar “minha vida”.
Não é tarefa fácil. No momento em que se escolhe ser médico, se está abrindo mão de ser piloto de avião. No amor, a mesma coisa: namora-se um, outro, e mais outro, num excitante vaivém de romances. Até que chega um momento em que é preciso decidir entre passar o resto da vida sem compromisso formal com alguém, apenas vivenciando amores e deixando-os ir embora quando se findam, ou casar, e através do casamento fundar uma microempresa, com direito a casa própria, orçamento doméstico e responsabilidades.
As duas opções têm seus prós e contras: viver sem laços e viver com laços…
Escolha: mas há um preço a pagar por elas.
Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é. Lógico que se deve reavaliar decisões e trocar de caminho: Ninguém é o mesmo para sempre.
Mas que essas mudanças de rota venham para acrescentar, e não para anular a vivência do caminho anteriormente percorrido. A estrada é longa e o tempo é curto.Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as conseqüências destas ações.
Lembrem-se: suas escolhas têm 50% de chance de darem certo, mas também 50% de chance de darem errado. A escolha é sua…!
************************************************
CI>> e-mail recebido da Carol - meu comentário será bem objetivo: Só faz escolhas quem é forte o bastante para assumir suas consequências... portanto, escolhas são para os fortes, e não é todo mundo que consegue faze-las. Escolhe aquele que perde hoje porque sabe que amanhã vai ganhar; aquele que abre mão hoje do que tem pelo que virá a receber no futuro, e corre o risco de não receber nada. Mas este cara pode bater no peito e dizer: eu escolhi assim... eu tentei. Pode ter certeza que este cara é o que vai levar mais aprendizados desta existência! ;), bom fds prá todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário