quarta-feira, 18 de novembro de 2009

BEIJOS TRÔPEGOS

Eu quero um beijo teu, daqueles demorados,
Que a gente inicia roçando levemente
Os lábios e a língua e até os próprios dentes,
Fingindo que se beija... um beijo ensaiado...
Eu quero um beijo teu, daqueles bem molhados,
Que vai devagarzinho, eletrizando a gente,
Até que o sangue ferve e beijos mais ardentes,
Despertam outros beijos mais apaixonados...
Eu quero um beijo teu que apenas inicie
Um êxtase completo quando o nosso amor
Sussurre mais que fale e apenas pronuncie
Palavras desvairadas, trôpegas... sem nexo...
Um beijo inconseqüente, livre, sem pudor
Que inevitavelmente só termine... em sexo.
(Publicado amiga oculta - Autor Luiz Poeta)
***************************************************
Ci>> bonitooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo, muito bonitooooooooooooooooooooo. Verdadeiro como um beijo deve ser!

Nenhum comentário:

Postar um comentário