domingo, 6 de dezembro de 2009

CONTIGO NA MADRUGADA

"Não estás só, meu amado
Estou contigo em pensamento.
Por minutos minha alma, desesperada abandonou o corpo que a mantém aprisionada
livre, liberta foi ao teu encontro voando em céu aberto.
Por eternidades enlaçastes-me a cintura e com muita ternura conduzistes-me ao nosso secreto jardim
Longe dos olhos e perto do coração
Não há distancia entre mim e ti
Juntos num instante dançamos a dança do amor.
Estrelas cintilantes espiavam nossa felicidade
Nossos corpos tinham cor brilhante do fogo de uma paixão do fulgor de um amor
que ultrapassou todos os portais das impossiblidades
E naquele breve momento nos amamos como crianças,
com renovada esperança; nos amamos como um homem e mulher
nas loucuras de quem sabe o que quer
Nos amamos com almas puras,como duas criaturas que se buscam na madrugada
dois seres solitários, mas não sozinhos, pois temos o nosso amor
que nos dá força pra prosseguir nossa jornada
como paralelas, encontrarmos em algum caminho
sem o mundo, sem dor, sem solidão
o meu e o teu coração cantando a música da vida
dançando nossa canção."

Autor ANNA PAES
*********************************************
Ci>> pelo visto isso é mais comum do que parecia... e eu achei que fosse algo tão particular...

Nenhum comentário:

Postar um comentário