domingo, 6 de dezembro de 2009

ESTÁ TUDO EM MIM...

Meus amanheceres, meus anoiteceres...
Meus crepúsculos feitos de magia...
Meus sonhos contigo sonhados...
Desejos de lábios beijados,
de corpos unidos na mesma alquimia...

Silêncio pulsante no rasgo da alma,
mostrando o vazio que causa a saudade,
viva cicatriz que parece eterna,
nem mesmo os cristais dos meus olhos, externam
a dor tão cruel, desta realidade...

Que ventos levaram amor tão intenso,
deixando em meu peito, só a chaga, aberta?
Na mente, lembranças em turbilhão,
cravado estilete, no meu coração...
Um nó que o destino, mais e mais, aperta...

Vinho escarlate que me embriaga,
Aroma de rosas que me inebriam,
ondas do mar que me entontecem...
Oh, Deus, essas coisas, quase me enloquecem!
São parte de tudo, que ontem vivíamos...

Dormir e, por Deus, nunca mais acordar...
Sem ti ao meu lado, viver é impossível!
Teu cheiro, teu gosto... Está tudo, em mim!
Um amor tão grande, acabar assim...
Como pode existir algo tão terrível?

Que o vento sopre e leve, prá longe,
a saudade que fere, que tanto castiga!
Eu quero dormir, da dor, esquecer...
Encontrar nos sonhos, talvez, o prazer
da boca que é a fonte, que a sede mitiga...

(Publicado amiga oculta at Quinta-feira, Dezembro 03, 2009 - Autor Arianne Evans)
***********************************************
Ci>> sensações recolhidas, guardadas dentro de um ponto obscuro, prestes a explodir... sentimentos meus, teus, nossos....pq não? pq não???

Nenhum comentário:

Postar um comentário