sexta-feira, 16 de abril de 2010

A resposta...

"Por favor, me perdoe, mas não é por mal que hoje eu gostaria de te fazer chorar.
Eu andei muito tempo procurando por você, eu viajei pelo mundo inteiro nas asas do meu pensamento, nas milhas dos meus sonhos ... Fui naufrago solitário, sentimentos vazios em ilha deserta, passei alguns anos abandonados de mim mesmo.
Eu sempre quis alguém como você, que me fizesse sair do sério, perder as estribeiras ... Alguém que faça meus olhos brilhem, minha boca tremer e eu perder a respiração.
Sempre sonhei com alguém como você, que me fizesse ficar perdido em palavras, ficar acordado a noite inteira tentando descobrir um jeito de te conquistar ... Que me fizesse sentir completo, cheio, não pela metade e nem pelo meio, mas sim repleto.
Sempre busquei por alguém que me desse esperança com olhar, verdade nos seus sentimentos.
Alguém que me modificasse e me ensinasse tudo aquilo que eu ainda não sei, alguém que fosse capaz de ver tudo aquilo que eu não enxergo, de falar tudo aquilo que eu não consigo, de receber tudo aquilo que eu posso dar.
É você quem eu esperei minha vida inteira, e que eu espero de braços abertos ... Você que nas noites frias mesmo não estando perto é capaz de me esquentar, que me faz voar sem precisar sair do chão e que me faz sorrir mesmo quando não tenho nenhum motivo para isso ... Alguém como eu, sempre precisa de alguém como você.
Talvez eu não tenha conseguido te fazer chorar, mas eu chorei ... Foi por finalmente te encontrar!
Quando me faltam palavras e tudo que me resta é um olhar, quando nos meus passos tento ser um pouquinho de você e quando faço do meu coração o seu também, encontro um dos meus jeitos de dizer 'te amo'."
(LFBA)

Ci>> vou falar bem baixinho... e só voce vai poder entender... a gente espera sempre ser surpreendido pelo amor, mas nao espera que ele apareça assim, sem pedir licença... quando aparece sentimos medo, buscamos uma forma de não pirar, até de rejeita-lo por esse ou aquele motivo, por nem sempre este amor ser conveniente ao que precisamos, ao que queremos, OU PODEMOS... mas ele nao tem regras, nao respeita tempo e espaço, nao admite ordens... ele chega... e pronto... e martela a noite inteira, pede que voce faça coisas idiotas, perca o prumo... promove uma série de atrapalhadas que fazem com que voce passe vexames absurdos... faz com que voce sonhe com uma vida nova, diferente daquela vivida até aqui... te faz respirar... ssssssshhhhhhhhhhhhhhhhh.... oxigênio nos pulmões, vida para o coração, que bate novamente, que faz aquele tum-tum parecer diferente dos "tuns tuns" anteriores... tum tum... tem alguem na porta... a porta tá aberta, pode entrar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário