quinta-feira, 27 de maio de 2010

Menina Cigana

Menina levada, Peralta e faceira

Andava nas trilhas ciganas

Amava espiar Com seus cabelos esvoaçando ao vento, um sorriso nos lábios.

Enfeitada com belos adornos.

Seu sorriso puro e singelo

A todos encantavam.

Quem hoje é essa menina?

Será que ainda é bela?

Ainda tem sua alma cigana?

Ainda vive se nela?

Doce menina é

Mas também uma bela mulher

Seu espírito vive a bailar

Nos pensamentos de muitos Sua alma livre voa

Seus lábios um hino entoa

Seu coração canta o amor cigano

Embalado pelo som do violino.

Doce menina mulher

Seu corpo preso está ... Mas, o que é um corpo, Se o pensamento pode voar?

Escreve-te no coração das pessoas

Deixando as palavras voarem

Fala-te de amor, amizade e ternura.

Quando tudo que queria era Ter alguém que te amasse!

Abre teus braços ao vento

Senta-te na mureta da ponte

Mergulha teus olhos nas águas

Para ver seu reflexo a chorar.

Ergue-te menina mulher

Enxuga as lágrimas e se vai

Canta uma melodia, Dança para se alegrar

Lá se foi à tristeza

A alegria veio morar...

Ninguém te conhece .. Neguem sabes teu nome

Você sempre será uma luz Para muitos Que não podem enxergar.

 

Autora: Rosa D Saron

http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=79054

 

**********************

Ci>> ... vai menina travessa... dança sob a luz do luar, agora voce já sabe que é seu o amor daquele rapaz... talvez a ambos falte acreditar! Mas lá no fundo, seu coração bate por ele, basta com ele falar... sua luz aumenta a cada encontro, isso é fácil notar! Teu sorriso se torna mais risonho, e sozinha, em silêncio se põe a sonhar... quer ir prá perto dele, mas precisa esperar...deixa, deixa o tempo passar... deixa a água correr... deixe o amor aflorar! Perdoa se o doce rapaz não sabe ainda que nasceu pra te amar... ele vai saber... quando entender que é, e sempre foi dele teu luar!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário