sexta-feira, 13 de maio de 2011

Como estou cumprindo a Lei do Amor

Seja uma luz para o mundo, e não lhe cause danos.

"Busque apenas a Divindade. Fale apenas a verdade. Aja apenas com amor.
Cumpra a lei do Amor agora e para sempre. Dê tudo e não necessite de coisa
alguma.
Evite o que é mundano.
Não aceite o inaceitável.
Ensine a todos que desejem aprender sobre Mim.
Torne cada momento de sua vida uma explosão de amor.
Use todos os momentos para ter o pensamento mais elevado, dizer a palavra
mais nobre e realizar o ato superior. Com isso, glorifique o seu Eu Sagrado,
e portanto a Mim.
Traga paz para a Terra trazendo paz para todas as vidas que você toca.
Seja paz.
Sinta e expresse em todos os momentos a sua Conexão Divina com o Todo, e com
todas as pessoas e coisas, e todos os lugares.
Aceite todas as circunstâncias, reconheça todas as falhas, partilhe todas as
alegrias, contemple todos os mistérios, caminhe com os pés de todos os
homens, perdoe todas as
ofensas (inclusive as suas próprias) e console todos os corações. Respeite a
verdade de todos, adore o Deus de todos, garanta os direitos de todos,
preserve a dignidade de todos,
defenda os interesses de todos, satisfaça as necessidades de todos, presuma
a santidade de todos, mostre os maiores dons de todos, produza as bênçãos e
anuncie o futuro de todos -
seguro do amor de Deus.
Seja um exemplo vivo da Verdade Maior que há dentro de você.
Seja humilde, para ninguém confundir a sua Verdade Maior com vanglória.
Fale suavemente para ninguém achar que você está apenas tentando chamar
atenção.
Fale gentilmente o que todos poderiam saber sobre o Amor.
Fale abertamente para ninguém achar que você tem algo a esconder.
Fale francamente para não ser malcompreendido.
Fale freqüentemente para que suas palavras possam ser realmente ouvidas.
Fale respeitosamente para que ninguém seja insultado.
Fale amorosamente para que cada sílaba possa curar.
Fale de Mim de todos os modos.
Torne a sua vida uma dádiva. Lembre-se sempre de que você é a dádiva!
Seja uma dádiva para todos que entram em sua vida, e para todos em cuja vida
você entra.
Tenha o cuidado de não entrar na vida de uma pessoa se não puder ser uma
dádiva para ela.
(Você sempre pode ser uma dádiva, porque é a dádiva - contudo, às vezes não
se permite saber disso.)
Quando alguém entra em sua vida inesperadamente, procure a dádiva que essa
pessoa veio receber de você."

Neale Donald Walsch

(http://semeadoradeluz.blogspot.com/2011/04/seja-uma-luz-para-o-mundo-e-nao-lhe.html)

Ci>> um Advice para os momentos de duvida, quando pensamos em como
prosseguir com este ou aquele assunto, até que ponto podemos interferir na
vida do nosso proximo mesmo que de alguma forma isso nos afete? se nao for
algo que traga luz, melhor o silencio? e quando é alguem que "entra em
nossas vidas" assim, como uma dadiva, e como uma dadiva permanece e cresce
dentro de nossos corações: como deixa-la saber que é a "nossa dadiva", a
"nossa" exceção sem assusta-la, sem colocar em risco toda a amizade e a
compreensão que envolve este relacionamento? Como interferir na vida de
alguem sem deixar marcas? Como permitir que interfiram nas nossas sem que as
marcas se tornem feridas? Corações cheios de dúvidas, cheios de perguntas...
sou um ponto de interrogação ambulante!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário