segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Amar e Confiar

"De todas as necessidades básicas do ser humano, a que supera todas as outras é a de ter alguém para amar.
Mas não basta amar. É preciso também ser amado por aquele alguém que se ama.
Só que muita gente tem uma ideia totalmente errada do que seja amar. Ao contrário de quase tudo o que se pensa, amar não é apenas deixar brotar o sentimento de bem-querer. Esse pode ser apenas o começo do verdadeiro amor. Mas é preciso cuidar desse sentimento depois que ele brota, para ver o verdadeiro amor dar frutos.
Amar e ser amado é um exercício constante de cultivo da semente do amor e de cuidados com essa planta tão delicada, mas que enche de cor e perfume a nossa vida.
O verdadeiro amor precisa, para se fortalecer e se consolidar, de bom relacionamento, de cumplicidade, de carinho e, acima de tudo, de confiança mútua.
O amor enfraquece quando a confiança não se estabelece. O amor definha quando é questionado além do que convém.
O ciúme é tempero e é bom para dar mais sabor à relação. Mas como qualquer tempero, o excesso estraga o sabor do prato principal.
Para o amor crescer saudável, é preciso que se tenha ele como a coisa mais importante e verdadeira em uma relação. E que o restante seja apenas complemento, seja apenas o acompanhamento da refeição principal.
Tudo o que o Amor pede é sinceridade, dedicação e entrega. Uma entrega que só é possível quando se confia no ser amado, acima de todas as coisas terrenas.
Difícil? Talvez…
Impossível?… Nunca!
Tudo se resume a aprendermos a amar e confiar.
Amar e confiar… Não dá para ser diferente disso.
Senão o que chamamos de amor se torna uma verdadeira prisão."
.
Pense sobre isso!
.
Um abraço e muita Paz!
Gilberto Cabeggi
 
Ci>> beleza fisica e paixão são de natureza fulgaz: tem prazo certo para acabar, é bom enquanto dura, é válido para aquele momento exato. ponto.; Do contrario confiança, admiração, amizade e cumplicidade mútuos, estes sim podem ser a base do verdadeiro amor: é quando 2 sentem-se e agem como 1, não porque são iguais, mas pq se complementam... este é o verdadeiro significado do que todos buscam, o tal "amor verdadeiro". Um amigo definiu separadamente a Terra, a Vida, o Sexo, o Amor e a  Verdade... tomei a liberdade de soma-los de forma que os significados se completassem e pudessem figurar esta idéia. Ficou assim:
 
"A TERRA" Conjunto de substâncias complexas que separadas se completam, em perpetua alquimia sustenta a vida.
"A VIDA": O melhor parque de diversões do mundo.
"O SEXO": O melhor brinquedo do melhor parque de diversões do mundo.
 
Amor e Sexo não se confundem, ele se completam.
Um pode desaguar no outro, o outro pode emergir do um.
 
Espécie não se perpetua; ela evolui, progride e modifica,
são mutáveis, mudáveis, incertas, instáveis, inconstantes,
nós estamos aqui justamente por estas variáveis edificantes.
 
O problema da busca da "verdade", são as suas variáveis.
 
(por CãRiùá TaTaRaNa sem "arrudeios")
 
Uma ideia do que é "um completar o outro" e "2 pensam como 1"... ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário