domingo, 4 de maio de 2014

Oração à Lakshmi, por Diego Rafael Almeida [AYAHUASCA - MEU BLOCO DE ANOTAÇÕES]

 

LAKSHMI,

Deusa da Prosperidade e da Abundância,

abro meu coração e meu lar com muito amor e exuberante alegria para recebê-la no meu Templo interno e

no Templo da minha morada.

Que suas bênçãos cheguem a mim trazendo a pureza da flor de lótus,

a harmonia nos meus relacionamentos e a prosperidade em tudo o que eu executar

com fé, entusiasmo e altruísmo.

Que o aspecto feminino de Deus em todas as suas manifestações me traga intuição,

a percepção, dedicação e receptividade para que eu possa realizar todas as minhas atividades com alegria e felicidade.

Que sua majestosa beleza se reflita em meus pensamentos para que eu possa sentir, falar, ouvir e agir somente com a consciência da minha Presença Divina.

Que a sua Luz me envolva dentro de um campo magnético de Abundância para que eu possa ter tudo o que necessito e expandir essa minha Prosperidade para todos.

Tudo o que me for ofertado eu abençoo e consagro para a realização do Plano Divino.

 

Amada LAKSHMI, bem vinda à minha vida e ao meu lar!

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou a manifestação de tudo o que desejo neste instante, hoje e sempre!

 

SHRIM!

Queremos Amor? Por Jorge Scritori.

logoi7.gif

Queremos Amor?

Por Jorge Scritori

Sim, queremos!

 

Um amor pleno e leve. Solto como pena, firme como ferro. Um amor que não da nó, pois o nó, aperta, estrangula e machuca. Queremos um amor em forma de laço, que segura, enfeita e protege.

O amor é a magia mais pura de todas as relações: As afetivas, profissionais e familiares.

Se você esta num relacionamento sem amor você sofre. Um trabalho feito sem amor é cansativo. Uma família sem amor é um fardo.

O amor une o provável e o improvável. Na escola do amor, somos todos aprendizes. Depois de alguns ferimentos, mesmo com medo, queremos amar e sermos amados. Queremos cuidar e queremos cuidados.

Amor não se impõe, não se rouba e não se força. Ele não faz exigências ou pré-condições, ele apenas pede mais amor.

Nas suas diversas formas: Maternal, Paternal, Fraternal, Pessoal ou Incondicional, sempre vai existir um tipo de ensinamento. E este, exige paciência, resignação e proeza.

Nesta quinta-feira, 01 de Maio às 20h00, estamos fazendo um convite ao amor.

Na manifestação magna da Rainha do Amor, Mamãe Oxum, estamos enviando este chamado a todos aqueles que precisam de um carinho no seu amor e na sua forma de amar.

Faremos uma cerimônia de cura e elevação do amor e da autoestima.

Este trabalho é indicado para estes casos:

- Mulheres que estão com vontade ou dificuldade de engravidar;

- Mulheres grávidas;

- Casais que acabaram de ter neném;

- Casais que estão passando por dificuldades na relação e precisam de fortalecimento;

- Mulheres com sintomas de depressão pós-parto;

- Pessoas machucadas com relações do passado e quem tem medo de um novo relacionamento;

- Pessoas e casais que sofrem com ciúmes obsessivo e compulsivo;

- Pessoas com alto estima baixa em função do corpo;

- Você, que precisa de um pouco mais de amor na sua vida S2;

Que a Rainha das Cachoeiras, seja soberana em nosso amor mais pleno.

amoroxum.jpg

O I7 está localizado na Av. Tiradentes, nº 1290.

Ao lado do Metrô Armênia, linha norte-sul-SP.

www.seteporteiras.org.br

 

Ci>> O Evento já aconteceu (ultima 5ª feira, e foi maravilhoso), mas vale a pena publicar a mensagem (nunca é tarde para compartilhar o amor!!!)

segunda-feira, 21 de abril de 2014

El Sastre, el Zar, y el Oso

Esta es la historia de un sastre, un zar y su oso.

Un dia, el zar descubrio que uno de los botones de su chaqueta preferida se habia caido.
El zar era caprichoso, autoritario y cruel (como todos los que se enmarañan durante demasiado tiempo en el poder). Asi que, furioso por la ausencia del boton, mando a buscar al sastre y ordeno que a la mañana siguiente fuera decapitado por el hacha del verdugo.
Nadie contradecia al emperador de todas las Rusias, asi que la guardia fue hasta la casa del sastre y, arrancandolo de entre los brazos de su familia, lo llevo a la mazmorra del palacio para que esparara alli su muerte.
Al atardecer, cuando el carcelero le llevo al sastre la ultima cena, este meneo la cabeza y musito: "Pobre zar...".
El guardia no pudo evitar la carcajada.

- ¿Pobre zar? Pobre de ti. Tu cabeza quedara bastante lejos de tu cuerpo mañana mismo.- Tu no entiendes - dijo el sastre -. ¿Que es lo mas importante para nuestro zar?
- ¿Lo mas importante? - contesto el guardia -. No lo se. Su pueblo.
- No seas estupido. Digo algo realmente importante para el.
- ¿Su esposa?
- ¡Mas importante!
- ¡Los diamantes! - creyo adivinar el carcelero.
- ¿Que es lo que mas le importa al zar en el mundo?
- ¡Ya lo se! ¡Su oso!
- Eso. Su oso.
- ¿Y?
- Mañana, cuando el verdugo termine conmigo, el zar perdera su unica oportunidad de conseguir que su oso hable.
- ¿Tu eres entrenador de osos?
- Un viejo secreto familiar... - dijo el sastre -. Pobre zar...

Deseoso de ganarse los favores del zar, el pobre guardia corrio a contarle al soberano su descubrimiento.
¡El sastre sabia enseñar a hablar a los osos!
El zar estaba encantado. Mando a buscar inmediatamente al sastre, y cuando lo tuvo frente a si le ordeno:
- ¡Enseñale a mi oso nuestro lenguaje!
El sastre bajo la cabeza.
- Me encantaria complacerle, ilustrisima, pero enseñar a hablar a un oso es una tarea ardua y lleva tiempo... Lamentablemente, tiempo es lo que menos tengo.
- ¿Cuanto tiempo llevara el aprendizaje? -pregunto el zar.
- Depende de la inteligencia del oso...
- ¡El oso es muy inteligente! - interrumpio el zar -. De hecho es el oso mas inteligente de todos los osos de Rusia.
- Bien. Si el oso es inteligente... y siente deseos de aprender... yo creo... que el aprendizaje duraria... duraria... no menos de... ¡dos años!
El zar penso un momento.
- Bien. Tu pena sera suspendida durante dos años mientras entrenes al oso. ¡Mañana empezaras! - ordeno.
- Alteza - dijo el sastre -. Si tu mandas al verdugo a ocuparse de mi cabeza, mañana estare muerto, y mi familia se las ingeniara para sobrevivir. Pero si me conmutas la pena, ya no tendre tiempo para dedicarme a tu oso... Debere trabajar de sastre para mantener a mi familia...
- Eso no es problema - dijo el zar -. A partir de hoy, y durante dos años, tu y tu familia estareis bajo la proteccion real. Sereis vestidos, alimentados y educados con el dinero del zar y nada que necesiteis o deseeis os sera negado... pero, eso si: si dentro de dos años el oso no habla... te arrepentiras de haber pensado tu propuesta... Rogaras que el verdugo te hubiera matado... Entiendes, ¿verdad?
- Si, alteza.
- Bien. ¡Guardias! - grito el zar -. Que lleven al sastre a su casa en el carruaje de la corte. Dadle dos bolsas de oro, comida y regalos para sus niños. ¡Ya! ¡Fuera!
El sastre, en reverencia y caminando hacia atras, empezo a retirarse mientras musitaba agradecimientos.
- No lo olvides - le dijo el zar apuntandolo con el dedo directamente a la frente -. Si en dos años el oso no habla...

Cuando todos en casa lloraban por la perdida del padre de familia, el sastre aparecio en la casa en el carruaje del zar, sonriente, euforico y con regalos para todos.
La esposa del sastre no cabie en si de asombro. Su marido, al que pocas horas antes se le habia llevado al cadalso, volvia ahora, exitoso, acaudalado y exultante...
Cuando estuvieron solos, el hombre le conto los hechos.
- ¡Estas loco! - grito la mujer -. ¡Enseñar a hablar al oso del zar! Tu, que ni siquiera has visto un oso de cerca. Estas loco. Enseñar a hablar a un oso... Loco, estas loco...
- Calma, mujer, calma. Mira, me iban a cortar la cabeza mañana al amanecer, y ahora tengo dos años. En dos años pueden pasar tantas cosas...

- En dos años - siguio el sastre - se puede morir el zar... me puedo morir yo... Y lo mas importante: ¡a lo mejor el oso habla!


Ci>> Ao amanhã as preocupaçoes de amanhã... que hoje possamos resolver pelo menos os problemas e as preocupações que hoje nos cabem... um dia por vez, muita paciencia e tudo se resolverá em seu tempo, no dia que tiver que ser... nem no dia que queremos, nem no dia que querem os outros: no tempo certo de cada coisa.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Carry you home

Trouble is her only friend
And he's back again
Makes her body older
Than it really is
She says it's high time she went away
No one's got much to say in this time
Trouble is the only way is down
Down, down

As strong as you were
Tender you go
I'm watching you breathing
For the last time
A song for your heart
But when it is quiet
I know what it means
And I'll carry you home
I'll carry you home

If she had wings she would fly away
And another day God will give her some
Trouble is the only way is down
Down, down

As strong as you were
Tender you go
I'm watching you breathing
For the last time
A song for your heart
But when it is quiet
I know what it means
And I'll carry you home
I'll carry you home

And they were all born pretty in New York City tonight
And someone's little girl was taken from the world tonight
Under the Stars and Stripes

As strong as you were
Tender you go
I'm watching you breathing
For the last time
A song for your heart
But when it is quiet,
I know what it means
And I'll carry you home
I'll carry you home

Levar Você Para Casa

O problema é o único amigo dela
E ele está de volta outra vez
Deixa o corpo dela mais velho
Do que realmente é
Ela diz que está muito tarde, ela se foi
Ninguém tem muito a dizer nesta hora
O problema é o único caminho, é para baixo
Para baixo, para baixo.

Tão forte quanto você era,
Frágil você vai
Eu estou te vendo respirar
Pela última vez
Uma canção para o seu coração,
Mas quando está em silêncio,
Eu sei o que significa
E eu te levarei para casa
Eu te levarei para casa

Se ela tivesse asas, ela voaria para longe,
E algum dia Deus lhe dará algumas
O problema é o único caminho, é para baixo
Para baixo, para baixo.

Tão forte quanto você era,
Frágil você vai
Eu estou te vendo respirar
Pela última vez
Uma canção para o seu coração,
Mas quando está em silêncio,
Eu sei o que significa
E eu te levarei para casa
Eu te levarei para casa

E todos eles nasceram bem na cidade de Nova York esta noite
E a garotinha de alguém foi tirada do mundo esta noite,
Debaixo das Estrelas e Listras (bandeira dos EUA)

Tão forte quanto você era,
Frágil você vai
Eu estou te vendo respirar
Pela última vez
Uma canção para o seu coração,
Mas quando está em silêncio,
Eu sei o que significa
E eu te levarei para casa
Eu te levarei para casa

 

Cintia>> esperança para os dias gris... talvez seja só mais uma lição...

 

 

sexta-feira, 28 de março de 2014

Hoje acordei com saudades do seu abraço, amigo querido... um sonho bom... um reencontro cheio de muito amor e muito carinho... saudade... saudade... muita saudade!!!

Photograph

Look at this photograph
Everytime I do it makes me laugh
How did our eyes get so red
And what the hell is on Joey's head

And this is where I grew up
I think the present owner fixed it up
I never knew we'd ever went without
The second floor is hard for sneaking out

And this is where I went to school
Most of the time had better things to do
Criminal record says I broke in twice
I must have done it half a dozen times

I wonder if It's too late
Should I go back and try to graduate
Life's better now then it was back then
If I was them I wouldn't let me in

Oh oh oh
Oh god I

Every memory of looking out the back door
I had the photo album spread out on my bedroom floor
It's hard to say it, time to say it
Goodbye, goodbye

Every memory of walking out the front door
I found the photo of the friend that I was looking for
It's hard to say it, time to say it
Goodbye, goodbye

Remember the old arcade?
Blew ever dollar that we ever made
The cops hated us hanging out
They said somebody went and burned it down

We used to listen to the radio
And sing along with every song we'd know
We said someday we'd find out how it feels
To sing to more than just the steering wheel

Kim's the first girl I kissed
I was so nervous that I nearly missed
She's had a couple of kids since then
I haven't seen her since God knows when

Oh oh oh
Oh God I

Every memory of looking out the back door
I had the photo album spread out on my bedroom floor
It's hard to say it, time to say it
Goodbye, goodbye

Every memory of walking out the front door
I found the photo of the friend that I was looking for
It's hard to say it, time to say it
Goodbye, goodbye

I miss that town
I miss their faces
You can't erase
You can't replace it

I miss it now
I can't believe it
So hard to stay
Too hard to leave it

If I could I relive those days
I know the one thing that would never change

Every memory of looking out the back door
I had the photo album spread out on my bedroom floor
It's hard to say it, time to say it
Goodbye, goodbye

Every memory of walking out the front door
I found the photo of the friend that I was looking for
It's hard to say it, time to say it
Goodbye, goodbye

Look at this photograph
Everytime I do it makes me laugh
Everytime I do it makes me

Fotografia

Olhe para esta foto
Toda vez que eu olho, ela me faz rir
Como nossos olhos ficaram tão vermelhos?
E que diabos é aquilo na cabeça do Joey?

Este é o lugar onde eu cresci
Eu acho que o atual proprietário já consertou
Eu nunca soube que não tínhamos
É difícil fugir do segundo andar

Este é o lugar onde eu estudei
Na maior parte do tempo eu tinha coisas melhores pra fazer
Fichas criminais dizem que eu invadi propriedade duas vezes
Eu devo ter feito isso meia dúzia de vezes

Eu me pergunto se é muito tarde
Devo voltar e tentar me formar?
A vida é melhor agora do que era antes
Se eu fosse eles, não me deixaria entrar

Oh oh oh
Oh Deus eu

Toda lembrança de vigiar a porta de trás
Eu deixava o álbum de fotos espalhado no chão do meu quarto
É difícil de dizer, é hora de dizer
Adeus, Adeus

Toda lembrança de sair pela porta da frente
Eu encontrei a foto do amigo que eu estava procurando
É difícil de dizer, é hora de dizer
Adeus, Adeus

Lembra-se do fliperama?
Engoliu cada dólar que já ganhamos
Os policiais odiavam que saíssemos
Eles disseram que alguém entrou e queimou ele

A gente costumava escutar o radio
E cantar com cada música que a gente sabia
Dissemos que um dia saberíamos como seria
Cantar pra alguem sem ser o volante

Kim foi a primeira garota que eu beijei
Eu estava tão nervoso que quase perdi o momento
Ela teve dois filhos desde então
Eu não tenho a visto desde Deus sabe quando

Oh oh oh
Oh Deus eu

Toda lembrança de vigiar a porta de trás
Eu deixava o álbum de fotos espalhado no chão do meu quarto
É difícil de dizer, é hora de dizer
Adeus, Adeus

Toda lembrança de sair pela porta da frente
Eu encontrei a foto do amigo que eu estava procurando
É difícil de dizer, é hora de dizer
Adeus, Adeus

Eu sinto falta daquela cidade
Eu sinto falta de seus rostos
Você não pode apagar
Você não pode substituir isso

Eu sinto falta agora
Eu não posso acreditar
Tão difícil de ficar
Muito difícil deixar isso

Se eu pudesse reviver aqueles dias
Eu sei a única coisa que nunca mudaria

Toda lembrança de sair pela porta da frente
Eu deixava o álbum de fotos espalhado no chão do meu quarto
É difícil de dizer, é hora de dizer
Adeus, Adeus

Toda lembrança de sair pela porta da frente
Eu encontrei a foto do amigo que eu estava procurando
É difícil de dizer, é hora de dizer
Adeus, Adeus

Olhe para esta foto
Toda vez que eu olho, ela me faz rir
Toda vez que eu olho, ela me faz
 
Cintia>> Saudades de um amigo querido... esta noite sonhei com vc... nos reconciliávamos e acabávamos com essa distancia idiota... se eu fechar os olhos ainda sinto teu abraço forte e carinhoso... saudade de vc, Glub! Saudade do seu colo... :(